Jogador do Colônia classifica falta de quarentena como 'bizarra' após contaminações, e clube rebate

Verstraete

Depois de falar ao canal VTM e classificar como “bizarro” a volta do Colônia aos treinos na Alemanha depois de três casos de coronavírus confirmados, o belga Birger Verstraete, que tem uma namorada com problemas cardíacos, voltou atrás em declarações divulgadas pelo clube neste domingo.

O jogador havia se referido ao fato de os atletas em geral não ficarem em quarentena após dois jogadores e o fisioterapeuta terem testado positivo para a Covid-19. O clube alemão esclareceu as afirmações do meia de 26 anos, que admitiu ter-se expressado “incorretamente em algumas partes”.

Depois de considerar bizarra a situação, Verstraete disse que o plano era continuarem a treinar no clube, caso houvesse testes positivos.

“De qualquer forma, era o plano, continuaríamos a treinar em caso de teste negativo ou positivo”, afirmara o jogador, à VTM.

O Colônia refutou a hipótese de os possíveis infectados continuarem trbalhando normalmente e afirmou que, “de acordo com o conceito médico da liga alemã de futebol (DFL), apenas jogadores que têm dois testes negativos sucessivos para provar que não estão infetados pelo novo coronavírus treinam e jogam no Colónia”.

“Por isso, todos os jogadores vão ser testados novamente antes da retoma programada do treino, na segunda-feira”, garantiu o comunicado, lembrando que esta “foi a decisão dos especialistas de saúde competentes, colocar em quarentena apenas as três pessoas infectadas.

A nota do clube afirma que Verstraete considerou as declarações anteriores equivocadas e que elas “deram uma impressão ambígua”, e que deveria ter entrado “em contacto com o médico” para ter as informações previamente esclarecidas".

“Me expressei incorretamente. Não era minha intenção culpar as autoridades responsáveis ou o Colónia. Me sinto confortável e em boas mãos no Colônia. A minha namorada, que pertence a um grupo de risco por causa de uma doença cardíaca prévia, vai voltar à Bélgica e vai ficar lá por enquanto”, finalizou.

A Liga Alemã de Futebol (DFL) anunciou na quarta-feira que os clubes da Bundesliga começaram a testar seus jogadores e treinadores com o objetivo de retomar o campeonato em 9 de maio, apesar de ainda não ter recebido autorização do governo.

Se essa permissão não for até o fim da semana, o retorno da Bundesliga não poderá ocorrer antes de 16 de maio. O campeonato alemão foi suspenso em 13 de março por conta da pandemia do novo coronavírus.