Jogador do Manchester City é acusado de estupro pela sétima vez

·1 min de leitura
LONDON, ENGLAND - AUGUST 15: Benjamin Mendy of Manchester City during the Premier League match between Tottenham Hotspur and Manchester City at Tottenham Hotspur Stadium on August 15, 2021 in London, England. (Photo by Visionhaus/Getty Images)
Benjamin Mendy está preso desde agosto e passa a responder pela sétima acusação de estupro. Foto: (Visionhaus/Getty Images)

Preso desde agosto deste ano, o lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, do Manchester City, recebeu mais uma acusação de estupro, totalizando sete acusações do crime, além de mais uma de agressão sexual. Uma das vítimas que denunciou o jogador é menor de idade.

O jogador de 27 anos foi informado, em audiência ocorrida no tribunal Chester Crown Court, na Inglaterra, que havia mais uma denúncia contra ele e que seu julgamento apenas ocorrerá em 27 de junho ou 1º de agosto do próximo ano. Anteriormente, seu encontro com a Justiça estava previsto para o mês de janeiro.

Leia também:

Todos os crimes denunciados, contra cinco mulheres diferentes, teriam acontecido entre os meses de outubro de 2020 e agosto de 2021, incluindo a nova acusação, que é datada de julho deste ano.

A partir do momento que as investigações começaram, o Manchester City suspendeu o jogador, que defendia o lado azul de Manchester desde o ano de 2017. Seu contrato vai até o fim da temporada 2022/2023, que é no mês de junho de 2023. À época de sua contratação, a negociação foi a mais cara de um jogador defensivo da história, tendo o Manchester City desembolsado o valor de 60 milhões de euros para contratar o lateral que estava no Monaco, da França.

Quando ainda respondia por apenas três acusações de estupro, em outubro deste ano, Mendy teve o terceiro pedido de fiança negado. Outro homem, Louis Saha Matturie, de 40 anos, é acusado de ter cometido os crimes junto do jogador de futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos