Jogador é preso em Paris carregando 100 quilos de cocaína

Jean-Manuel Nedra foi preso junto de sua namorada no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, carregando a droga em suas malas.
Jean-Manuel Nedra foi preso junto de sua namorada no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, carregando a droga em suas malas. Foto: (AP Photo/Mark Humphrey)

Um jogador de futebol de Martinica foi preso no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, com mais de 100 quilos de cocaína escondidos em suas malas e nas de sua namorada no último final de semana. Jean-Manuel Nedra, de 29 anos, atua pelo Aiglon du Lamentin, clube da primeira divisão nacional, e foi detido em prisão preventiva, enquanto a sua companheira foi liberada pelas autoridades judiciais, mas passará a ser vigiada pela polícia.

O clube de Nedra comentou o caso para a imprensa de Martinica afirmando que: "Sem saber seu grau de envolvimento, soubemos que um de nossos jogadores foi preso na França por tráfico de drogas. Sejamos mais fortes e unidos do que nunca para continuar o nosso trabalho de educação através do desporto, para lutar contra este flagelo, para proteger e alertar os nossos jovens para os riscos, consequências e abusos deste ambiente".

Leia também:

O jogador, que também atua pela Seleção de Martinica há mais de 10 anos, estava viajando a turismo com a sua namorada, sem qualquer relação profissional com o Aiglon du Lamentin.

No ano de 2017, o meio-campista atuou por Martinica na Copa Ouro, da CONCACAF, sendo titular nas partidas contra o Panamá e contra a Nicarágua. Na primeira partida da fase de grupos, quando o time de Martinica enfrentou a Nicarágua, o selecionado de Nedra venceu o jogo por 2 a 0 e ele levou um cartão amarelo. Na segunda rodada, contra os Estados Unidos, quando os americanos venceram por 3 a 2, Juan-Manuel Nedra começou no banco de reservas, mas entrou no começo do segundo tempo. Na terceira e última rodada, quando levou 3 a 0 para o Panamá, Nedra atuou durante os 90 minutos da partida.