Jogador de futebol americano disputou partida com osso quebrado

·1 minuto de leitura
Foto: JAMIE SQUIRE / STF

Na disputa responsável por marcar quem vai para o Super Bowl, o Kansas City conquistou a vitória sobre o Buffalo Bills, com um placar de 38 a 24. Mas a derrota na Conferência Americana (AFC) teve um gosto mais amargo para uma pessoa em específico: o wide receiver Cole Beasley, que jogou a partida com uma fíbula quebrada.

Em uma entrevista nesta segunda-feira, o jogador do Buffalo contou que lesionou o osso da perna na partida contra o New England Patriots, no dia 28 de dezembro.

“Quebrei minha fíbula, mas não é nada que precise ser reparado cirurgicamente. Não é uma pausa completa. Foi ruim no primeiro jogo que joguei, mas, depois disso, você toma alguns remédios e engole... Não havia como perder o jogo do playoff, especialmente depois da 17ª semana, então, eu iria descobrir de uma forma ou de outra (como participar)”, disse Beasley.

“De certa forma, eu sabia, dentro de mim, o que poderia fazer e acreditava que ainda poderia jogar... Todo mundo está passando por algo neste momento, quero dizer, todo mundo está jogando machucado”, declarou o norte-americano sobre o jogo com resultado negativo para o Buffalo Bills.

A partida pelo título do Super Bowl LV ocorre no próximo dia 7, no Raymond James Stadium, em Tampa Bay, na Flórida, e marca o encontro de dois gigantes: Patrick Mahomes, à procura da segunda taça consecutiva pelo Kansas City, e Tom Brady, pelo Tampa Bay Buccaneers.