'Jogador, técnico, estou fora dessa', diz Bolsonaro sobre reação de atletas brasileiros a participação na Copa América

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — Em meio à crise na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à possibilidade de jogadores brasileiros não quererem disputar a Copa América, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que a sua única participação no tema foi garantir a realização da competição no Brasil. Bolsonaro disse que está "fora" de discussões envolvendo jogadores e técnicos.

O comentário foi feito durante conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, após um apoiador criticar o técnico da seleção brasileira, Tite.

— A minha participação na Copa América é abrir o Brasil para que ela fosse realizada aqui. Já tem os quatros estados acertados, tudo certinho. No tocante a jogador, técnico, estou fora dessa. Não tenho nada a ver com isso aí.

No domingo, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) chamou Tite de "hipócrita" em um vídeo . Na gravação, Flávio sugere que o treinador estaria por trás de um possível "boicote" à Copa América — embora, em entrevista após o jogo contra o Equador na última sexta, o volante Casemiro tenha afirmado que jogadores e comissão técnica construíram um entendimento de comum acordo, e que "todos sabem" qual é essa posição.