Jogo da Discórdia sem intriga revolta público e ameaça futuro do BBB22

·3 min de leitura
Jogo da Discórdia (Reprodução Globoplay)
Jogo da Discórdia (Reprodução Globoplay)

Após uma tarde estranha no "BBB22", com direito a declarações de amor, culto gospel na área externa e Tiago Abravanel pedindo que os brothers deixassem de lado qualquer intriga em prol do "BBB do bem", o público aguardava ansiosamente pelo primeiro Jogo da Discórdia da edição. Afinal, todos assistem o "BBB" pelas tretas, discussões e articulações de jogo, e são essas intrigas que fazem com que o reality traga personagens interessantes e mantenha o público fiel durante três meses no ar.

Em termos de entretenimento, o "BBB21" foi rei: o primeiro Jogo da Discórdia já colocou todas as rivalidades e tretas na mesa, com Sarah e Karol Conká chamando a atenção do público e toda a casa brigando em horário nobre. Após a calmaria da tarde, nada mais justo do que a Globo aproveitar o Jogo da Discórdia para deixar de lado o clima de confraternização e finalmente começar o "fogo no parquinho".

Jogo da Discórdia entediou o público logo na primeira semana (Reprodução Globoplay)
Jogo da Discórdia entediou o público logo na primeira semana (Reprodução Globoplay)

O que o público viu durante o ao vivo, entretanto, foi uma continuação do clima "paz e amor" e um péssimo sinal para o futuro do "BBB22". Durante a dinâmica, os brothers precisavam escolher quem estaria no pódio da final, mas a produção do programa deixou de lado a placa que sinaliza quem os confinados acreditam que não tem capacidade de chegar até a final.

A falta da placa deixou a dinâmica totalmente sem sentido, transformando o que seria um momento de mostrar o jogo dos participantes, alianças e estratégias em um espaço totalmente inútil durante o horário nobre da Globo. Se os participantes não estão ali dentro para jogar, porque se inscreveram? E se a emissora não quer entregar entretenimento para o público, qual será o futuro dessa edição do programa?

Nas redes sociais, o público se revoltou com o Jogo da Discórdia desinteressante e sem tretas, e muitos fãs do reality já cogitaram parar de assistir o programa logo nas primeiras semanas.

BBB do bem

O público que acompanha o "BBB 22" viu imagens preocupantes na tarde de hoje (24) no pay-per-view. Em pleno dia do Jogo da Discórdia, os participantes da casa deram as mãos na beira da piscina para cantar hinos da igreja católica e evangélica em um gesto bastante simbólico de união. O momento, bastante constrangedor, ajuda a explicar porque a edição ainda não deu certo.

Como muito bem explicou Bárbara Saryne mais cedo, o reality teve uma noite de formação de paredão vergonhosa neste domingo (23). Teve participante querendo votar em si mesmo, outra querendo desistir antes mesmo de paredão e muita gente conformada com os votos que recebeu na primeira semana, sem demonstrar sangue nos olhos.

A impressão atual é que os brothers se inscreveram no game para... não jogar. Ainda ontem, Tiago Abravanel se mostrou um participante perigoso, quase um empecilho para quem ainda espera algum tipo de entretenimento do programa, ao dizer ao dizer o Jogo da Discórdia de hoje seria "paz e amor" e que o reality não precisava de brigas para ser interessante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos