Jogo Monopoly aposenta bota, carrinho de mão e dedal de sua versão mundial

Nova York, 17 mar (EFE).- O jogo de tabuleiro Monopoly aposentará em sua próxima edição mundial as peças em formato de bota, carrinho de mão e dedal, que serão substituídas por um tiranosaurio, um pinguim e um pato de borracha, segundo anunciou nesta sexta-feira a multinacional Hasbro.

A mudança foi decidida após uma votação aberta em janeiro, da qual participaram mais de 4,3 milhões de pessoas de 146 países, que escolheram entre 64 desenhos diferentes.

"Embora me entristeça dizer adeus ao icônico dedal, à bota e ao carrinho de mão, será divertido ter peças novas, escolhidas pelos fãs", afirmou o vice-presidente de publicidade da Hasbro, Jonathan Berkowitz.

"Pessoalmente, sempre gostei da bota, mas estou entusiasmado com a mudança para o dinossauro", acrescentou.

As demais peças - o cachorro terrier escocês, o navio de guerra, o carro de corridas, a cartola e o gato - continuarão sendo parte do popular jogo de tabuleiro, cuja nova versão será colocada à venda no segundo semestre.

Dos 64 desenhos - entre eles um emoji, uma hashtag e um móvel dos anos 80 -, o terrier escocês foi a que recebeu mais votos (mais de 212 mil), seguida do dinossauro, com 207 mil, e a cartola, com 168 mil.

Em quarto lugar ficou o carro de corridas, seguido do pato de borracha, do gato, do pinguim e do navio de guerra.

As peças originais do Monopoly, lançado em 1935 pela Parker Brothers, foram o ferro de passar, a bolsa, a lamparina, o carro de corridas, o dedal, a bota, a cartola, o canhão e o cavalinho de madeira. EFE