Jogos eletrônicos movimentam R$ 13 bilhões por ano no Brasil

Brasil possuía, em 2021, 92,4 milhões de jogadores de videogame e a receita gerada foi de aproximadamente R$ 13 bilhões (Getty Creative)
Brasil possuía, em 2021, 92,4 milhões de jogadores de videogame e a receita gerada foi de aproximadamente R$ 13 bilhões (Getty Creative)
  • Brasil é um dos países que mais gastam com Jogos eletrônicos;

  • País possuía, em 2021, 92,4 milhões de jogadores de videogame;

  • Mercado de videogames iniciou 2022 animado, com três grandes aquisições já acontecendo.

Um levantamento feito pela Newzoo, plataforma de dados do universo dos games, comprova que o Brasil é o décimo colocado no ranking mundial dos países que mais gastam com jogos digitais e outros produtos relacionados. As informações são do jornal Extra.

De acordo com a reportagem, o Brasil possuía, em 2021, 92,4 milhões de jogadores de videogame e a receita gerada foi de US$ 2,5 bilhões, aproximadamente R$ 13 bilhões.

O Extra ainda fez um levantamento dos jogos e acessórios campeões de vendas:

  1. God of War Ragnarök / Edição de Lançamento / PlayStation 4 - R$ 263,91

  2. God of War Ragnarök / Edição de Lançamento / PlayStation 5 - R$ 307,91

  3. PlayStation5 + Horizon Forbidden West - R$ 4.464,90

  4. Console Xbox Series X - R$ 4.137,57

  5. Mouse gamer Redragon Cobra - R$ 116,99

  6. FIFA 23 para PlayStation 4 - R$ 249,92

  7. Fone de ouvido headset gamer com LED Warrior - R$ 69,98

  8. Controle Dualshock 4 para PlayStation 4 - R$ 299,00

  9. Base de carregamento do Dualsense para PlayStation 5 - R$ 179,90

  10. Controle para Xbox - R$ 268,59

Boas perspectivas

O mercado de videogames iniciou 2022 animado, com três grandes aquisições já acontecendo. A Microsoft comprou a Activision Blizzard por R$ 385 bilhões, a Take-Two comprou a Zynga por R$ 72 bilhões, e a Sony comprou o estúdio Bungie por R$ 19 bilhões.

Só no início deste ano os valores já se aproximaram do total de 2020, que acumulou R$ 455 bilhões em transações. Em 2021, o valor chegou a ser três vezes maior que no ano anterior.

A pandemia inaugurou uma nova era para jogos para celular e abriu uma porta de entrada acessível para novos jogadores quando as restrições começaram.