John Boyega, astro de Star Wars, faz discurso impressionante em protesto antirracista

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
British actor John Boyega speaks to protestors in Parliament square during an anti-racism demonstration in London, on June 3, 2020, after George Floyd, an unarmed black man died after a police officer knelt on his neck during an arrest in Minneapolis, USA. - Londoners defied coronavirus restrictions and rallied on Wednesday in solidarity with protests raging across the United States over the death of George Floyd, an unarmed black man who died during an arrest on May 25. (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP) (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP via Getty Images)
John Boyega fala em protesto no Hyde Park, em Londres,. (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP) (Photo by DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP via Getty Images)

Depois de protestar contra racistas no Instagram, o ator John Boyega, conhecido por interpretar Finn na saga Star Wars, se reuniu a manifestantes no Hyde Park, em Londres, para protestar contra a morte George Floyd, assassinado em caso de racismo policial nos Estados Unidos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Tomando a palavra com um megafone, Boyega fez um discurso emocionante que acabou viralizando nas redes sociais nesta quarta-feira (3). “As vidas negras sempre importaram. Sempre fomos importantes", diz o ator. "Sempre tivemos significado. Sempre tivemos sucesso, apesar de tudo."

Leia também

"Nós somos a representação física do nosso apoio a George Floyd (...). Estou falando para vocês do meu coração. Eu não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas fo***se". Durante a sua fala, Boyega relembrou outras vítimas de racismo, como Sandra Bland, uma mulher negra foi presa no Texas, nos Estados Unidos, durante um parada de trânsito e acabou encontrada morta três dias depois. O seu óbito foi registrado como suicídio.

"Nós não sabemos o que George Floyd poderia ter alcançado. Nós não sabemos o que Sandra Bland poderia ter alcançado, mas hoje vamos garantir que não será um pensamento estranho para os nossos jovens", falou o ator.

No momento mais emocionante, o ator falou com a voz embargada sobre as mulheres negras. "Elas são o nosso coração, elas são o nosso futuro. Não podemos demonizar nossos semelhantes, nós somos os pilares da família", afirmou.

"Imaginem isso: uma nação que é construída com famílias que estão se desenvolvendo, que são saudáveis, que se comunicam, que criam suas seus filho com amor, que têm maiores chances de se tornarem seres humanos melhores, e é isso o que precisamos criar", finalizou.



Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.