Yulia, filha de ex-espião russo envenenado, deixa hospital no Reino Unido

Londres, 10 abr (EFE).- A filha do ex-espião russo Sergei Skripal, Yulia, envenenada com seu pai no dia 4 de março, em Salisbury, no Reino Unido, deixou o hospital na segunda-feira e levada para um local seguro, de acordo com informações da emissora pública "BBC", divulgadas nesta terça.

A jovem tinha comunicado na semana passada, através da Polícia Metropolitana de Londres (Met), que seu estado de saúde tinha melhorado e que ganhava força a cada dia.

Eles foram atacados no início de março, com um agente nervoso do tipo militar identificado como Novichok, de fabricação russa, o que levou ao governo britânico a fazer represálias contra Moscou, culminando com a expulsão de 23 diplomatas russos. EFE