Johnny Depp fez Brian Cox rejeitar papel em "Piratas do Caribe"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Johnny Depp em
Johnny Depp em "Piratas do Caribe" e Brian Cox em "Succession". Foto: Divulgação/Buena Vista Pictures

Resumo da notícia:

  • Johnny Depp fez Brian Cox rejeitar papel em "Piratas do Caribe"

  • O protagonismo do ator foi um dos motivos para Cox desistir da franquia

  • Além disso, o ator disse que perderia oportunidade de fazer outros projetos

A presença de Johnny Depp em "Piratas do Caribe", de 2003, foi responsável pela desistência de um grande ator na franquia. De acordo com um trecho do livro "Putting the Rabbit in the Hat", publicado pelo GQ, Brian Cox, astro de "Succession", rejeitou um papel por conta do intérprete do Capitão Jack Sparrow.

"Faria muito dinheiro, mas todas as cenas naquele filme eram ingratas," declarou Cox. O ator ainda disse que perderia oportunidades de fazer projetos dos quais se orgulha pela necessidade de voltar ao papel, que seria o Governador Weatherby Swann, assumido por Jonathan Pryce.

Na sequência, Cox disse sobre Johnny Depp ter afastado a ideia do ator entrar na franquia. "Piratas do Caribe é muito 'Johnny Depp como Jack Sparrow.' Ele é valorizado demais, tão superestimado, tenho certeza disso," disse.

Em sua defesa, Brian Cox lembrou do papel de Depp em "Edward Mãos de Tesoura", de 1990, quando o ator não precisou fazer nada, porque a maquiagem e caracterização faziam todo o trabalho por ele. "Depois, ele passou a fazer ainda menos, mas as pessoas o amam. Ou amavam. Não gostam muito dele atualmente", declarou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos