Johnny Depp x Amber Heard: seis dias após depor, Kate Moss vai a show do ator, em Londres

Seis dias após depor no processo de difamação entre Johnny Depp e Amber Heard, a modelo britânica Kate Moss compareceu a um show do ator e ex-namorado com o músico Jeff Beck, em Londres. Depp fez uma aparição surpresa e subiu ao palco para tocar quatro músicas junto a Beck, neste domingo.

Acompanhe: Johnny Depp x Amber Heard: júri chega a veredito no caso envolvendo atores

Johnny Depp x Amber Heard: júri é composto por cinco homens e duas mulheres

A presença da modelo nos bastidores do show foi confirmada pelo site TMZ. A decisão do julgamento, que ocorre nesse momento, será divulgado nesta tarde.

O veredito do processo entre o ex-casal será divulgado nesta quarta-feira.

Ex-namorada de Depp, Kate Moss testemunhou na última quarta-feira a favor do ator e disse que ele não a empurrou das escadas quando namoravam nos anos 1990. Essa história esteve presentes em vários tabloides na época, e a inglesa foi chamada para depor justamente para desmentir o rumor.

Kate Moss foi a primeira testemunha chamada pelos advogados de Johnny Depp no dia. Ela apareceu por vídeo, diretor da Inglaterra, e falou por cinco minutos. Contou que namoraram de 1994 a 1998 e que o tal incidente da escada aconteceu quando os dois estavam num resort na Jamaica.

"Houve uma tempestade. Ao sair do quarto, escorreguei escada abaixo e machuquei minhas costas", disse a supermodelo.

Entenda: Kate Moss depõe a favor de Johnny Depp e nega que ele a empurrou de escadas

Fãs: Caminhão-navio dos 'Piratas do Caribe' é colocado em frente a tribunal

O incidente da escada foi citado por Amber Heard num dos depoimentos. Na ocasião, a atriz relatou uma briga com o ator com a presença de sua irmã, Whitney, e disse que o episódio lhe fez lembrar da situação envolvendo seu ex- marido e Moss.

— Ela se jogou na linha de fogo — lembrou Heard sobre a reação de sua irmã na suposta discussão de 2015. — Ela estava tentando fazer Johnny parar. Ela estava de costas para a escada, e Johnny se balança para ela...Eu imediatamente penso em Kate Moss e escadas.

O testemunho de Moss fez parte dos processos que o ex-casal move um contra o outro Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia.

A atriz de "Aquaman" é processada pelo astro de "Piratas do Caribe" em US$ 50 milhões por difamação devido ao artigo publicado no "Washington Post" em 2018 em que ela se descreve como uma "figura pública que representa a violência doméstica".

Embora não mencione o nome do ex-marido, a equipe jurídica dele afirma que as acusações eram claras contra ele, o que prejudicou sua vida profissional. O ator nega as acusações de agressão e aponta Heard como a agressora da relação. Em resposta a isso, Heard também entrou com uma ação por difamação contra Depp, por tê-la considerado mentirosa, com o valor da indenização solicitada dobrado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos