Johnson e Biden combinam esforços de retirada de Cabul

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Premiê britânico, Boris Johnson
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, concordaram nesta segunda-feira em trabalhar juntos para garantir que todas as pessoas autorizadas a deixar o Afeganistão consigam fazê-lo, inclusive depois que a fase inicial de retirada terminar, informou o gabinete de Johnson.

"Eles debateram os esforços em andamento do Reino Unido e dos EUA para coordenar a retirada rápida e segura de nossos cidadãos e daqueles que trabalharam anteriormente com nossos governos do Aeroporto Internacional de Cabul", disse um porta-voz de Downing Street depois de os dois líderes conversarem por telefone.

"Os líderes concordaram em continuar trabalhando juntos para garantir que todos que estão autorizados a partir consigam fazê-lo, inclusive depois que a fase inicial de retirada terminar."

Johnson e Biden também observaram a importância do intercâmbio diplomático combinado para garantir o progresso feito no Afeganistão e evitar uma crise humanitária, disse o comunicado.

"Eles se comprometeram a impulsionar uma ação internacional, inclusive através do G7 e do Conselho de Segurança da ONU, para estabilizar a situação, apoiar o povo afegão e trabalhar por um governo afegão inclusivo e representativo", acrescentou o porta-voz.

(Por Michael Holden)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos