Johnson não foi interrogado em investigação sobre festas durante lockdown, diz porta-voz

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, acena ao deixar sua residência oficial em Londres
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, não foi interrogado pela polícia durante a investigação sobre supostas festas em sua residência oficial em Downing Street durante o lockdown adotado no país para conter a disseminação do coronavírus, disse seu porta-voz nesta quinta-feira.

Questionado se Johnson havia sido interrogado, o porta-voz negou.

O gabinete de Johnson ainda não recebeu o relatório da servidora pública Sue Gray, responsável pelo inquérito, sobre as possíveis violações das regras durante o lockdown, acrescentou.

(Reportagem de Elizabeth Piper)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos