Jorge Jesus diz ter recusado Atlético-MG, Corinthians e Fluminense: 'No Brasil, só me interessa treinar o Flamengo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Desempregado desde a saída do Benfica, na virada do ano, Jorge Jesus diz que foi procurado e rejeitou propostas de três clubes brasileiros: Atlético-MG, Corinthians e Fluminense. Em entrevista na qual revelou ao jornalista Rento Maurício Prado, do UOL, seu desejo de retornar ao Flamengo, JJ justificou:

— No Brasil, só me interessa treinar o Flamengo. Já basta o que sofri, em Portugal, por trocar o Benfica pelo Sporting.

O português se refere à decisão de, após seis temporadas no Benfica, de 2009 a 2015, aceitar a proposta do rival Sporting, onde ficou até 2018. Apesar de todo a repercussão negativa do episódio, JJ retornou ao Benfica em 2020, justamente após deixar o Flamengo.

Jorge Jesus não especificou em que momento foi procurado pelos clubes. Mas o Atlético-MG precisou buscar um substituto para Cuca após os títulos nacionais de 2021 e fechou com o argentino Antonio Mohamed.

O Corinthians, por sua vez, demitiu Sylvinho em fevereiro e trouxe o português Vitor Pereira.

Já o Fluminense começou o ano com Abel Braga e, na semana passada, após o pedido de demissão do treinador, foi ao mercado para recontratar Fernando Diniz, que deixara o clube há cerca de três anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos