Jorge Jesus se emociona ao falar de sintomas de Covid-19: 'Vocês não têm noção o que é sofrer'

·2 minuto de leitura

O técnico Jorge Jesus, do Benfica, se emocionou na conferência de imprensa depois do jogo contra o Famalicão, vencido por 2 a0. O motivo foi lembrar dos sintomas da Covid-19 que o tiraram de ação por algumas semanas.

- Fiz uns 200, 300 testes, sempre dei negativo. Nunca positivo. Mas comecei a ficar doente. É um caso raro, como aliás sou raro em tudo. Quando descobriram, já estava com falta de ar. Não conseguia falar. Vocês não têm noção do que é sofrer - desabafou, com a voz embargada.

Jesus também apontou os efeitos negativos da Covid-19 no plantel como motivos para a má fase do Benfica durante um tempo. E lembrou que por menos o Manchester City de Guardiola nem foi a jogo.

Após quase duas semanas afastado por ter contraído o novo coronavírus, o técnico do Benfica, Jorge Jesus, voltou a comandar a equipe no Campeonato Português. Nesta segunda-feira, o 'Mister' apareceu à beira do campo para a partida contra o Famalicão e acompanhou a vitória por 2 a 0, com gols de Darwin e Otamendi.

O atacante brasileiro Everton Cebolinha, titular na partida, é outro que fez seu retorno após se recuperar da Covid-19.

Jesus estava isolado desde o dia 28, quando testou positivo para o vírus. Ele realizou exames neste domingo e, sem sintomas nos últimos três dias, foi liberado para voltar às atividades. Seu auxiliar, João de Deus, esteve no comando da equipe durante sua ausência.

Com a vitória, o Benfica foi a 37 pontos e segue em 4º na tabela da Liga NOS. A diferença para o líder Sporting é de oito pontos no momento.

Já o Famalicão, com 14 pontos, segue em 17º e na zona de rebaixamento da competição. O primeiro clube fora da zona é o Portimonense, com 15.