Jorge Jesus não pode menosprezar os treinadores brasileiros