Jornal inglês coloca Neymar em 13º e Vini Jr. em 31º em tradicional lista de '100 melhores'

·1 min de leitura

O jornal inglês "The Guardian" divulgou, nesta terça-feira, boa parte de sua tradicional lista dos 100 melhores jogadores do ano. A publicação ainda faz mistério sobre o top 10, mas os destaques brasileiros são Neymar (13ª) e Vinícius Júnior (31º).

Ney não vive a melhor das temporadas. Atualmente se recuperando de lesão, o camisa 10 do PSG tem 19 jogos, 5 gols e 7 assistências, contando números pelo clube e pela seleção brasileira.

"O ano finalizado mais cedo por outra lesão foi o mais fraco da carreira de Neymar. Mesmo que muitos de seus companheiros estejam satisfeitos com as 23 participações em gols em 34 jogos pelo PSG em 2021 (seis de seus 12 gols foram de pênalti) após as 31 participações em 27 jogos em 2020, pode não ser tão cedo para falar em declínio, com o brasileiro fazendo 30 anos em fevereiro", diz trecho do perfil do jornal, que ressalta, por outro lado, o talento do brasileiro que o fez decidir partidas pelo clube francês.

O caso de Vini é o contrário. Titular absoluto do Real Madrid e comandante do ataque merengue ao lado de Benzema, o brasileiro tem 12 gols e 7 assistências em 29 jogos, também por clube em seleção. O jovem vem conquistando espaço na equipe de Tite.

"Deram risadas em alguns momentos, fizeram memes sobre as chances perdidas. Agora, ele pode muito bem ser o melhor jogador de La Liga, elétrico, decisivo e calmo em frente ao gol", elogia a publicação.

A lista tem outros sete representantes brasileiros: Marquinhos (44º), Thiago Silva (58º), Casemiro (68º), Alisson (67º), Ederson (75º), Firmino (80º) e Fabinho (97º), todos frequentadores da seleção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos