Jornal português compara gol de pênalti não dado ao Ferroviário com gol invalidado de CR7 na Sérvia: 'Escândalo'

·1 minuto de leitura

O América-MG eliminou o Ferroviário (CE) da Copa do Brasil nesta quarta-feira após uma disputa de pênaltis polêmica. Uma cobrança de Adílson Bahia que, pelas imagens, parece ter a bola cruzando completamente a linha do gol após bater no travessão, não foi validada pela arbitragem. O lance repercutiu na imprensa portuguesa, e o jornal "Record" comparou o momento ao gol invalidado de Cristiano Ronaldo contra a Sérvia, nas eliminatórias europeias, no último dia 27.

"Outro escândalo à imagem do golo 'tirado' a Portugal: Brasil chocado com decisão do árbitro", escreve o diário.

"São as imagens que estão sendo repetidas entre os torcedores brasileiros. Na cobrança de pênaltis entre o América-MG e o Ferroviário, na segunda fase da Copa do Brasil, uma decisão da arbitragem mudou o rumo do jogo: a bola chutada por Adílson Bahia, do Ferroviário, passou da linha do gol mas a equipe de arbitragem... não entendeu assim", completa o Record.

No lance citado, Portugal empatava em 2 a 2 com a Sérvia até que Cristiano Ronaldo tocou na saída do goleiro para marcar o que seria o gol da vitória. Um zagueiro sérvio conseguiu tirar a bola, aparentemente já dentro do gol, e a arbitragem não validou o tento.

Assista ao lance da Copa do Brasil: