Jornal: presidente do Tottenham está furioso com Harry Kane, que quer deixar o clube

·1 minuto de leitura

O presidente do Tottenham, Daniel Levy, está furioso com Harry Kane após o atacante declarar publicamente seu desejo de deixar o clube. De acordo com o jornal "Daily Mail", os comenterários do artilheiro foram considerados desrespeitosos e infelizes pelo mandatário do Spurs.

Kane deu uma entrevista na última quinta-feira em que revelou sua vontade de trocar de equipe. O camisa 10 afirmou que sente que pode se desenvolver mais como atleta, disputar o prêmio de melhor do mundo e conquistar títulos. A declaração foi ao ar no dia seguinte a derrota do Tottenham para o Aston Villa em casa por 2 a 1, e não pegou bem no amb iente do clube.

Apesar do clima, o clube continua firme em sua posição de manter o jogador fora do mercado. Com contrato até 2024, Kane já recebeu proposta de outras equipes, mas de acordo com a publicação, o Spurs espera que ofereçam cerca de 150 milhões de libras (R$ 1,1 bilhão). City, United e Chelsea estariam na fila pelo artilheiro.