Jornalista japonês condenado em Myanmar

Um jornalista japonês foi condenado em Myanmar a 10 anos de prisão, depois de ter filmado uma manifestação contra o Governo, em julho. Toru Kubota foi condenado por ter incentivado a dissidência contra o exército no poder e ter violado uma lei de comunicações eletrónicas, de acordo com uma fonte diplomática japonesa.