Jornalista marroquina é despedida por se referir a 'Saara Ocidental'

Defensores do Saara Ocidental da Frente Polisário, em Salé, em 13 de março 2017

Uma jornalista marroquina foi despedida por ter utilizado a expressão "Saara Ocidental" na TV, indicou um comunicado da Medi1TV.

Soumia Dghoughi, produtora e apresentadora do programa "África à noite", exibido ao vivo, usou a expressão "Saara Ocidental' para se referir às províncias do sul do reino ao invés de "Saara marroquino", explicou o comunicado.

Depois de ter constatado esse "erro profissional", a cadeia tomou medidas administrativas "rigorosas e decidiu pela suspensão imediata da jornalista".

Dghoughi informou que tomou conhecimento da decisão pela imprensa.

O Saara Ocidental, ex-colônia espanhola, é em grande parte controlado pelo reino desde 1975. Um cessar-fogo supervisionado por uma força de manutenção de paz da ONU (Minurso) entrou em vigor em 1991.

A Frente Polisario reclama a realização de um referendo, enquanto Rabat propõe como solução de compromisso uma autonomia sob sua soberania e designa essa região desértica como suas "províncias do sul".

Este tema, muito sensível na política externa do reino, tem importância estratégica vital para o país.