Jornalista da TV Globo sofre ataque racista na internet: “preto, desgraçado”

Fred Ferreira, apresentador da TV Globo Brasília, sofreu ofensas racistas via redes sociais - Foto: Reprodução
Fred Ferreira, apresentador da TV Globo Brasília, sofreu ofensas racistas via redes sociais - Foto: Reprodução

Na última quinta-feira (10), em uma publicação no Instagram, o jornalista e apresentador da TV Globo Brasília Fred Ferreira sofreu ataques racistas. O comunicador foi chamado de “preto, desgraçado”. O caso é investigado pela polícia.

O jornalista, nesta segunda-feira (14) denunciou o crime à Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial (Decrin), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Fred, compartilhou em uma sequência de postagens em outra rede social, que foi vítima de racismo na internet e salientou que caso os episódios voltem a acontecer, o mesmo irá processar os criminosos.

“Racismo é crime. Se outras mensagens vierem, outros processos virão. Para piorar, descobri que o criminoso ainda manda outros tipos de mensagens constrangedoras para colegas, numa espécie de importunação. Lamentável”, postou Fred Ferreira.

Na mesma publicação, o jornalista comenta que recebeu as ofensas na última quinta-feira (10), mas só leu as mensagens no dia seguinte.

“Fiquei o fim de semana inteiro pensando no que fazer. Nem deveria pensar, porque a questão era óbvia: denunciar! A gente fica meio incrédulo, em choque. [Mas] fui muito bem atendido na delegacia. Na verdade, acolhido”, escreveu o jornalista.

Fred também elogiou o trabalho da delegacia e comentou que a ‘internet não é terra sem lei’.

“Que o criminoso seja localizado e punido. Internet não é terra sem lei”.

A Polícia Civil do Distrito Federal instaurou inquérito para apurar caso de calúnia e injúria racial.