Jornalista Octavio Tostes morre no Rio aos 62 anos

·1 minuto de leitura

Morreu na manhã deste sábado (31), após sofrer uma parada cardíaca, o jornalista Octavio Hermanny Tostes, de 62 anos. Tostes era formado pela Escola de Comunicação da UFRJ e começou a carreira como repórter da TV Bandeirantes, em 1981. Em seguida, ingressou no jornal O Globo, na editoria de Esportes, onde permaneceu até 1987.

Convidado para a TV Globo, trabalhou na emissora até 1994. Fez parte da equipe de diversos telejornais, como RJTV, Jornal Nacional e Globo Repórter, e participou de grandes coberturas como a da primeira Guerra do Golfo e a Eco-92.

Tostes saiu do Brasil em 1994 para atuar como colaborador da CNN e da CBS até voltar em 1999, quando passou a coordenar o Jornal Nacional. Foi ainda gerente de conteúdo da Globo.com e atuou em outras empresas de comunicação no País como a TV Gazeta e AOL Brasil. Desde 2011 Octavio era responsável pelos telejornais da TV Record.

Amigos e colegas de trabalho lamentaram sua morte nas redes sociais. "Quem teve a felicidade de conviver com ele sabe a inteligência e a generosidade do Octávio. Além do amigo, perco o autor de textos brilhantes e irretocáveis que tive oportunidade de interpretar", publicou o apresentador Celso Freitas.

O corpo de Octavio Hermanny Tostes será cremado neste domingo, às 14h, no Cemitério São Francisco Xavier, no bairro do Caju, no Rio de Janeiro, em cerimônia reservada para a família.