Jornalista russo condenado a 22 anos de prisão por "alta traição"

O jornalista russo, Ivan Safronov, especialista em questões de defesa, foi condenado por um tribunal de Moscovo a 22 anos de prisão por "alta traição"