Josué Gomes é destituído do comando da Fiesp. Entenda

Em assembleia nesta segunda-feira (dia 16), os sindicatos que formam a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) destituiram o presidente da entidade, Josué Gomes da Silva, por 47 votos a um. A oposição ao comando da federação começou no último trimestre meados do ano passado, capitaneado pelo ex-presidente da organização Paulo Skaf que comandou a Fiesp por mais de 17 anos.

Veja os motivos que levaram à queda de Josué Gomes, dono da Coteminas e filho do ex-vice-presidente José de Alencar.