Jovem é morto a marteladas após furtar R$ 2.700 de mercado na Região Serrana do Rio

A Polícia Civil do Rio realiza diligências para localizar e prender três homens que mataram um jovem, de 23 anos, com golpes de marteladas, na Região Serrana do estado. De acordo com as investigações da 105ª DP (Petrópolis) Marcio Rosa da Silva, o Gordinho; Maxwell Alberto Moreira da Conceição, o Nigéria; e Lucas Leal Ribeiro teriam arrastado Dener Claudio Santanna até uma ribanceira, o espancado e o arremessado. Ele é suspeito de furtar R$ 2.700 de um mercado.

Veja vídeo: Após esquartejar mulher no Rio, marido tentou quebrar câmera de segurança ao esconder o corpo

Perícia confirma: Corpo encontrado na Zona Sul do Rio é de alemão que entrou nu em mar de Copacabana

Segundo a delegada Cristiana Onorato Miguel, titular da 105ª DP, os três criminosos teriam ido até a casa de Dener, por volta de 19h do último dia 7 de janeiro, o acusando de furtar o estabelecimento do pai de Gordinho. Na ocasião, eles reviraram a residência e encontraram um valor em espécie e roubas compradas pela vítima.

Investigação: Polícia prende mulheres suspeitas de matarem guia de turismo a facadas no Centro do Rio

O rapaz foi localizado ferido por sua irmã, após vizinhos gritarem por socorro. Levado a um hospital da região, Dener morreu em seguida por traumatismo crânio-encefálico com hemorragia das meninges, além de contusão dos pulmões e abdominal com laceração do fígado.

— Após tomarmos conhecimento do fato, efetuamos diligências, como a oitiva de testemunhas do crime, e, em menos de 24 horas, conseguimos identificar os autores do homicídio, praticado por motivo fútil e sem chance de defesa da vítima. Agora, após a expedição de mandados de prisão, eles são considerados foragidos — explicou a delegada Cristiana Onorato Miguel.

Depoimentos: Mulheres que mataram guia de turismo a facadas pediram ajuda a ex-marido de uma delas para fugirem