Jovem é presa por atacar idoso com mordidas nos EUA

Miami, 13 set (EFE).- Uma jovem foi presa nos Estados Unidos acusada de arrancar com mordidas leves pedaços da face e do braço de um idoso que dormia na entrada de um restaurante e justificou a agressão por ser uma "vampira".

O porta-voz do Departamento da Polícia de St. Petersburg, na Flórida, Bill Proffitt, informou à Agência Efe que Josephine Rebeca Smith, de 22 anos, está presa, sob uma fiança de US$ 50 mil, acusada de agressão com agravantes.

Milton Ellis, de 69 anos, disse à Polícia que acordou quando a jovem se jogou sobre ele. A agressora disse que era uma "vampira" e que iria comê-lo, segundo informações do relatório policial.

A vítima conseguiu escapar do ataque e chamar à Polícia, que pouco depois achou a mulher no restaurante, seminua e coberta de sangue.

Josephine disse à Polícia que não lembrava nada do incidente, ocorrido na semana passada. EFE