Jovem acorda de coma de três meses e descobre que noivo “fugiu” com outra

Jovem foi abandonada enquanto estava em coma - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Jovem foi abandonada enquanto estava em coma - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Jovem ficou em coma três meses e foi abandonada pelo noivo durante o período

  • Ela foi bloqueada pelo rapaz e avisada sobre o novo relacionamento pela atual namorada do ex

  • Brie Durval deixou o hospital após cinco meses, mas ainda luta com as sequelas das lesões cerebrais

Uma mulher de 25 anos recuperou-se de um grave acidente que a deixou três meses em coma, mas descobriu que o noivo aproveitou este período para “fugir” com outra mulher.

O caso aconteceu no ano passado, no Canadá, mas foi revelado somente esta semana pelo jornal inglês Mirror.

Brie Durval atravessava o auge de sua juventude, trabalhando no emprego dos sonhos e em um relacionamento de quatro anos. Mas em 29 de agosto de 2021, tudo começou a mudar.

Após uma noitada com os amigos em um bar, a jovem estava no andar superior de um estacionamento em obras. Com a pouca iluminação, ela não percebeu o fim da estrutura e caiu direto na pista térrea.

A mulher foi resgatada por um helicóptero e levada às pressas para o Hospital da Universidade de Alberta, onde foi diagnosticada com uma lesão cerebral e fraturas pelo corpo.

Apesar de os médicos dizerem que ela tinha apenas 10% de chance de se recuperar, Brie deixou o coma após três meses. Foram mais dois meses tentando retomando a memória, período no qual ela lembrou-se de seu noivo.

Ao recuperar a lembrança, a jovem estranhou o fato de o amado não ter ido visitá-la sequer um dia no hospital. Ela voltou a ter acesso ao celular e percebeu que havia sido bloqueada por ele de todas as redes sociais.

Enquanto tentava contato com o noivo, Brie foi surpreendida com uma mensagem de um contato desconhecido. “Eu estou com (nome do rapaz). Nós nos mudamos juntos. Ele está vivendo comigo e meu filho. Por favor, não tente contato com ele.”

“Eu não tive contato com ele desde que fui para o hospital. Ele me deixou abandonada completamente. Então, não consegui colocar um ‘ponto final’ e entender o porquê do que aconteceu”, lamentou em entrevista ao Mirror.

Momentos difíceis

Abandonada pelo noivo, Brie teve de lidar com a solidão de permanecer meses sozinha em um hospital. Isso porque a família permaneceu na Austrália, país de origem da jovem, impedida de viajar por causa da escalada da Covid-19.

Foram cinco meses, no total, se recuperando. Liberada pelos médicos, a jovem já voltou para casa, mas segue com sequelas do grave acidente.

“É frustrante não poder fazer as coisas que eu quero fazer, minha clareza mental não está nem perto do que era. Eu tenho uma espécie de neblina cerebral. Ter uma lesão no cérebro é como ter sintomas de uma concussão que são contínuos. Eles não vão embora”, relatou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos