Jovem que atropelou mais de 30 nos EUA dirigia sob efeito de maconha

Policiais e jornalistas no local do incidente

A jovem de 24 anos que atropelou pedestres que transitavam pela principal avenida de Las Vegas há dez dias, matando uma pessoa e ferindo outras 30, havia consumido maconha antes do incidente - revelou o exame toxicológico feito pela Polícia.

"As análises toxicológicas de Lakeisha Holloway deram resultado positivo para maconha e metabólitos de maconha", afirma o comunicado da Polícia, divulgado nesta quarta-feira.

"Não há explicação razoável, ou desculpas para os atos da acusada. Os resultados toxicológicos não mudam as acusações que já pesam contra a senhora Holloway", comentou o promotor do condado de Clark, Steve Wolfson, citado na nota.

A próxima audiência do caso será em 20 de janeiro.

O incidente aconteceu em 21 de dezembro entre o hotel Planet Hollywood, onde acontecia, naquele momento, a disputa do Miss Universo, e o hotel Paris Las Vegas.

Lakeisha Holloway também recebeu acusações por estar com a filha de três anos no carro, na hora do acidente. A menina escapou ilesa.

Aparentemente, Holloway passava por um momento difícil com o pai da menina estava morando em seu automóvel há uma semana.