Jovem com câncer nos ossos morreu após ser espancado em abordagem da PM, diz família

·1 min de leitura
Chris Wallace morreu na última terça - Foto: Reprodução
Chris Wallace morreu na última terça - Foto: Reprodução
  • Família diz que Chris Wallace foi espancado por policiais durante abordagem na semana passada

  • O rapaz de 24 anos tinha câncer nos ossos e a saúde debilitada

  • Ele ficou internado por seis dias, mas não resistiu aos ferimentos

A família de Chris Wallace acusa policiais militares de serem responsáveis pela morte do costureiro de 24 anos. Ele estava internado desde a última quinta-feira (10) em um hospital de Goiânia, mas não resistiu e teve o óbito confirmado nesta quarta (16). As informações são do G1.

Chris tinha câncer nos ossos e estava com a saúde debilitada. Segundo seus familiares, isso não teria impedido agentes da PM de espancá-lo em abordagem realizada na semana passada.

Os relatos são de que o costureiro saiu na noite de quinta com um amigo para comprar refrigerante em uma distribuidora do bairro onde vive, em Fidélis.

No caminho, eles teriam sido abordados por policiais. O amigo conseguiu fugir, mas Chris teria sido espancado pelos agentes.

Chris e amigo foram gravados momentos antes da abordagem - Foto: Reprodução
Chris e amigo foram gravados momentos antes da abordagem - Foto: Reprodução

Imagens gravadas por uma câmera de segurança na região mostram os rapazes andando pela rua e, depois, a viatura passando pelo mesmo ponto. Chris ainda teria relatado que sofria de câncer e tinha a saúde debilitada, mas não foi ouvido pelos agentes.

Rapaz foi internado, mas não resistiu

De acordo com relatos da mãe da vítima, o costureiro retornou para casa bastante ferido após a abordagem. Ele correu para o banheiro, onde vomitou sangue e teve crises convulsivas.

A ambulância foi chamada e levou o rapaz para o hospital. Lá, ele foi diagnosticado com traumatismo por espancamento na cabeça, contusões no abdômen e nos pulmões. Internado na UTI, lutou por seis dias antes de ter o óbito confirmado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos