Jovem de 17 anos descobre erro e corrige dados da Nasa

Reprodução/Flickr/Harsimrat Singh_1

Um jovem britânico resolveu entrar em contato com a agência especial Nasa para apontar um erro em seus dados: os sensores de radiação na Estação Espacial Internacional estavam gravando dados falsos.

Miles Soloman, de 17 anos, fez descoberta através do projeto TimPix do Instituto de Pesquisa em Escolas, que dá aos alunos de todo o Reino Unido a oportunidade de trabalhar em dados da estação especial, buscando anomalias e padrões que possam auxiliar em novas pesquisas.

Durante a estadia do astronauta britânico Tim Peake na estação especial, detectores começaram a registrar os níveis de radiação. Ao verificar os dados, ele notou que quando nada chegava ao detector, uma leitura negativa era gravada. O problema é que não se pode obter energia negativa e foi aí que eles avisaram a agência americana.

Após enviar suas anotações para a Nasa, o rapaz recebeu um agradecimento pela correção e foi convidado para analisar o problema junto com a equipe da entidade. Em entrevista ao canal BBC Radio 4, Soloman afirmou que teve acesso a inúmeras planilhas, que são muito mais interessantes do que parecem ser.

A agência afirmou também que estava ciente do problema, mas imaginava que ele só ocorresse algumas vezes por ano e não todos os dias, como o jovem notou.

Apesar de seus amigos sentirem uma pontinha de inveja da descoberta de Solomon, ele garante que não quer provar que a Nasa está errada. “Quero trabalhar e aprender com eles”, disse.

Com informações da BBC.