Jovem é morta pelo namorado em MG após ele ler mensagens do celular dela

Jovem foi morta em Ferros - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Jovem foi morta em Ferros - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Jovem foi morta a golpes de canivete pelo namorado após ele ler o celular dela

  • O rapaz afirma que a vítima acabou atingindo a si própria ao tentar tirar o canivete da mão dele

  • O corpo da jovem, porém, possuía diversas lesões causadas pela lâmina

Uma jovem de 21 anos foi assassinada a facadas pelo próprio namorado na madrugada da última quarta-feira (31) em Ferros, Minas Gerais. O crime teria sido motivado por ciúmes.

De acordo com informações do jornal O Tempo, o corpo de Maria Clara Oliveira Soares foi localizado pela irmã dela sobre a cama que dividia com o criminoso.

O responsável pelo assassinato foi localizado momentos depois pela Polícia Militar na casa da mãe, com ferimentos de faca no pescoço e arranhões no braço.

O rapaz foi preso pelos agentes e levado para o hospital, onde permaneceu sob custódia da Justiça.

Versão do suspeito

Em depoimento aos policiais, o jovem de 21 anos contou que dormia com a namorada quando acordou de madrugada e decidiu checar o celular da vítima, tendo encontrado uma mensagem que, segundo ele, comprovaria uma traição.

Ainda segundo a versão do suspeito, ao descobrir a suposta infidelidade, ele teria pegado um canivete e desferido golpes no próprio pescoço. Maria Clara acordou e tentou impedir o rapaz, enquanto negava a traição.

Em meio à luta para desarmar o namorado, a jovem teria, de acordo com o relato dele, puxado o canivete com muita força e feito um grave ferimento em si própria.

O namorado relatou que tentou estancar o sangramento, mas, ao notar a gravidade da lesão, desesperou-se e saiu de casa às 4 horas.

O rapaz contou que decidiu jogar-se de uma ponte, mas acabou não se ferindo. Ele ainda teria tentado se afogar, mas, sem sucesso, procurou a casa da mãe.

Ao chegar no local, contou para ela que havia tentado se matar e que sua namorada, provavelmente, estava morta. A mulher assustou-se com o relato e acionou a polícia.

Os agentes entraram no imóvel e encontraram a irmã da vítima, que disse não ter visto nada de incomum durante a madrugada. Ao irem ao quarto de Maria Clara, porém, localizaram o corpo já sem vida.

Informações da PM

Apesar do relato do namorado, a PM informou que o corpo da vítima possuía diversos ferimentos, sendo dois mais profundo, na região do pescoço, e outros superficiais pelo corpo.

Não há nenhum registro de violência doméstica envolvendo o casal, que havia reatado há duas semanas após um breve término.