Jovem fica em coma após ser atingido por baleia durante pescaria na Austrália

·2 minuto de leitura
Barco ficou destruído com o impacto - Foto: Divulgação/Polícia de New South Wales
Barco ficou destruído com o impacto - Foto: Divulgação/Polícia de New South Wales
  • Nick Myhill está em coma depois de sofrer graves lesões com a queda da baleia sobre o barco

  • Seu padrasto, Matt, também machucou-se, mas conseguiu conduzir o barco e chamar socorro

  • Ainda não se sabe as implicações a longo prazo das lesões sofridas por Nick

Um jovem de apenas 18 anos está em estado grave após ser atingido por uma baleia durante pescaria com seu padrasto em New South Wales, na Austrália. De acordo com informações da imprensa local, o rapaz ficou em coma.

Identificado como Nick Myhill, o jovem teve graves lesões no pescoço e na cabeça. Ele teria, também, sofrido uma fratura na coluna ao ser esmagado pelo animal.

Leia também:

Nick e o padrasto, Matt, de 39 anos, estavam pescando quando a baleia saltou da água e caiu sobre o barco em que estavam. Em comunicado, a família explicou que eles “não tiveram nenhum aviso (do animal), nem tempo para reagir”.

Mesmo também lesionado, com lacerações no rosto e uma concussão, Matt foi capaz de pedir socorro pelo rádio e levar o barco de volta à margem, o que, também de acordo com a nota da família, “salvou a vida do Nick”.

Nick está em estado grave após ser atingido pela baleia - Foto: Arquivo Pessoal
Nick está em estado grave após ser atingido pela baleia - Foto: Arquivo Pessoal

O jovem foi levado de helicóptero para um hospital para a capital Camberra, enquanto Matt foi tratado em um centro médico local. As extensões das lesões de Nick e suas implicações a longo prazo ainda são um mistério. “Ele é um homem jovem e está lutando muito”, disse a família.

Baleia é procurada e também pode estar ferida

As autoridades marítimas locais explicaram que, agora, procuram a baleia que caiu sobre o barco, uma vez que acreditam que ela também possa estar ferida e precisando de tratamento.

Comandante da Área da Marinha, o superintendente Joe McNulty fez um alerta para que pescadores mantenham distância deste animal. “Ninguém deve se aproximar de uma baleia a menos de 100 metros em uma embarcação”, disse. “Não apenas pela segurança das próprias pessoas, mas também pela proteção dessas magníficas criaturas.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos