Jovem morre afogado após mergulhar em lagoa para fugir de abordagem policial

·1 minuto de leitura
Bombeiros encontraram o corpo do jovem horas mais tarde - Foto: Reprodução/TV Gazeta
Bombeiros encontraram o corpo do jovem horas mais tarde - Foto: Reprodução/TV Gazeta
  • Jovem tentou fugir de barco após perceber a aproximação de policiais

  • Após troca de tiros, ele e um amigo jogaram-se na lagoa para fugir das balas

  • Henrique se afogou, e seu corpo só foi encontrado horas mais tarde

Um jovem de apenas 18 anos morreu afogado na última quarta-feira em Linhares, no Espírito Santo, ao tentar fugir de uma abordagem policial. As informações são da TV Gazeta, afilada da Globo na região.

O rapaz, identificado como Henrique Lemos de Oliveira, estava com um colega adolescente nas proximidades de uma lagoa no bairro de Interlagos. Ao notarem a presença de agentes da Polícia Militar, a dupla saiu correndo e utilizou um barco para tentar fugir pela água.

Leia também

Teve início, então, um tiroteio. Para fugirem das balas, Henrique e o colega mergulharam na lagoa. O adolescente conseguiu se salvar e foi resgatado, mas o rapaz afogou-se e desapareceu.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e, somente após horas de busca, encontrou o corpo do jovem sem vida.

Henrique não conseguiu salvar-se na lagoa (Michael Dantas/AFP via Getty Images)
Henrique não conseguiu salvar-se na lagoa (Michael Dantas/AFP via Getty Images)

A PM garantiu que um dos jovens estava armado e começou a atirar nos agentes. A mãe de Henrique, porém, questionou esta versão e afirmou que foram os policiais que chegaram ao local já disparando.

Mãe nega envolvimento do filho com tráfico

O adolescente foi detido e levado para a Delegacia de Linhares. Com ele, foram encontradas 24 buchas de maconha e R$ 30.

A mãe de Henrique admitiu que o rapaz é usuário de drogas, mas negou que ele tivesse qualquer envolvimento com tráfico. A arma que a polícia afirma que estava com os jovens não foi encontrada.