Jovem neonazista suspeito de plano de assassinato em massa é indiciado na França

Um jovem francês e admirador de Hitler, suspeito de planejar um assassinato em massa, foi indiciado na sexta-feira (2) por "iniciativa terrorista individual" e colocado em prisão preventiva, segundo fontes próximas ao caso disseram neste sábado (4). Desde 2017, oito ataques planejados e atribuídos à extrema direita foram frustrados na França. Uma ameaça que é "levada muito a sério" e está "crescendo com força", de acordo com um magistrado antiterrorista parisiense.

O jovem de 20 anos foi identificado em redes sociais e aplicativos de mensagens criptografadas sob o pseudônimo "HeinrichHimmler88", disse uma fonte próxima ao caso à agência AFP, confirmando uma informação do jornal francês Le Parisien. A fonte acrescentou que ele "vomitava retórica neonazista, ameaçando em vídeos atacar judeus, negros, mulheres, e a comunidade LGBT".

Heinrich Himmler era um líder do primeiro escalão do Terceiro Reich nazista, chefe da temida e sanguinária SS. O número 88 se refere à oitava letra do alfabeto H, para a saudação nazista "Heil Hitler" (Salve, Hitler).

O homem foi preso na terça-feira no departamento de Ardèche (sul) por investigadores da Direção-geral de Segurança Interna (DGSI), subordinada ao Ministério do Interior, que descobriram que o homem indiciado estava "procurando uma arma", sugerindo um ato iminente de violência.

Durante a custódia policial, o jovem assumiu sua admiração pela ideologia nazista, mas "negou querer usar uma arma" para cometer um assassinato, de acordo com a fonte próxima ao caso. Contatados pela agência AFP, seus advogados não quiseram comentar o caso.

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
‘Lobos solitários’ da extrema direita escapam do radar na Alemanha, diz pesquisador francês
Neonazista que matou político pró-imigração é condenado à prisão perpétua na Alemanha
Cemitério judeu é profanado com mais de 100 suásticas nazistas na França

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos