A Jovem Pan não noticiou que o primeiro-ministro da Holanda “confirmou” fraude eleitoral no Brasil

A Jovem Pan não publicou uma matéria afirmando que o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, “confirmou” que houve fraude na eleição presidencial brasileira de 2022. Uma captura de tela da suposta matéria foi compartilhada mais de 10 mil vezes nas redes desde o último dia 14 de novembro. Mas não há registro de uma reportagem semelhante no site do veículo de comunicação, que informou à AFP que a imagem viral é uma montagem. Rutte, na verdade, parabenizou o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por sua vitória no dia seguinte ao pleito.

“O Presidente da Holanda confirma que houve fraude na Eleição Presidencial do Brasil”, afirma a chamada de uma suposta matéria que é acompanhada pela logo da Jovem Pan.

“O presidente da Holanda, Mark Rutte, não concorda com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva devido às inúmeras provas das fraudes alarmantes que ocorreram nas urnas durante a Eleição Presidencial, e está disposto a enviar tropas de elite em caso de intervenção militar e apoiar Jair Messias Bolsonaro”, continua o texto visto na imagem compartilhada no Facebook, Twitter, Instagram e TikTok.

A captura de tela também foi encaminhada ao WhatsApp do AFP Checamos, para onde os usuários podem enviar conteúdos vistos em redes sociais, se duvidarem de sua veracidade.

Captura de tela feita em 16 de novembro de 2022 de uma publicação no Twitter ( .)

O conteúdo viral afirma que Mark Rutte é o presidente da Holanda. No entanto, o país adota o sistema parlamentarista. Rutte é primeiro-ministro, e não presidente.

Na imagem viralizada também é possível identificar o logo da Jovem Pan News, a data – 11 de novembro de 2022 – e a fonte da informação, que seria o jornal holandês De Telegraaf.

Buscas por palavras-chave no Google e no site da Jovem Pan, também usando a plataforma WayBack Machine, que permite consultar versões arquivadas de conteúdos online, mostra que nenhuma matéria foi publicada sobre o primeiro-ministro Mark Rutte no dia 11 de novembro de 2022.

Ao AFP Checamos, a Jovem Pan confirmou que não publicou o conteúdo e disse se tratar de uma “montagem”.

Uma pesquisa no site do jornal De Telegraaf tampouco localizou qualquer notícia sobre o primeiro-ministro holandês ter afirmado que houve fraude eleitoral no Brasil.

Na verdade, em 31 de outubro, um dia após o resultado do segundo turno ser confirmado, Rutte parabenizou o presidente eleito Lula pelo Twitter.

O primeiro-ministro também afirmou ter conversado com o petista por telefone sobre os desafios que seus países devem enfrentar nos próximos anos e disse que a Holanda o considera um “aliado”.