Jovem que matou namorado quebra medidas cautelares e é presa

·2 min de leitura
A jovem Raquel Silva Travassos, é acusada de matar a tiros o namorado Matteo Lima dos Santos, de 25 anos, em junho de 2021. (Foto: Reprodução/Facebook)
A jovem Raquel Silva Travassos, é acusada de matar a tiros o namorado Matteo Lima dos Santos, de 25 anos, em junho de 2021. (Foto: Reprodução/Facebook)

Raquel Silva Travassos, acusada de matar a tiros o namorado Matteo Lima dos Santos, de 25 anos, em junho de 2021, deve ser mantida na prisão após decisão do juiz Gabriel Veloso, da 3ª Vara Criminal de Santarém, no Pará.

A jovem de 21 anos foi presa nesta quinta-feira (27) por ter descumprido medidas cautelares, e a decisão foi tomada nesta sexta-feira (28), após audiência de custódia.

Raquel estava respondendo ao processo criminal em liberdade condicionada a medidas cautelares desde o dia 14 de julho de 2021. Após denúncias de descumprimento das medidas, foi decretada a prisão.

A prisão foi determinada pelo fato de Raquel ter quebrado duas medidas cautelares:

  1. Ficar recolhida de 21h às 07h em sua residência;

  2. Não ausentar-se do domicílio por 24h em dias não úteis.

No último dia 21, ela foi vista fora de seu domicílio após as 21 horas e no dia seguinte, um sábado, teria se ausentado de casa, contrariando as regras impostas pela Vara Criminal, o que foi comprovado por boletim de ocorrência policial, ficha de registro em hotel de Santarém, além de filmagens de circuitos de segurança.

O magistrado explica que agora ela ficará em regime fechado até as próximas etapas do processo. "Aguarda-se a audiência de instrução do julgamento e então saberemos se Raquel vai ao tribunal do júri ou não", conclui Veloso.

De acordo com informações da polícia, após a última briga de Raquel e Matteo, a jovem teria retornado para a casa dos pais, e na manhã do dia 21 de junho saiu dizendo que ia procurar emprego, mas na verdade, ela tinha saído de casa levando a arma do pai, um policial militar da reserva.

Raquel voltou ao apartamento onde Matteo morava. Ela disparou contra o rapaz atingindo a cabeça, o maxilar e uma das mãos. Os vizinhos ouviram os tiros da pistola .40 e correram para o local. A princípio, Raquel disse que Matteo tinha se suicidado, depois teria admitido que tinha atirado nele.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos