Jovem que teria se esfaqueado para provar armação em ataque a Bolsonaro é real?

Imagem circula em redes sociais (Reprodução/WhatsApp)

A imagem de um jovem maranhense que teria morrido esfaqueado circulou em redes sociais ao longo desta semana com a informação de que ele teria atingido a si mesmo para comprovar que o atentado sofrido pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), na última quinta-feira (6), seria uma farsa. No entanto, conforme checagem da Agência Lupa e do portal e-farsas, trata-se de uma informação falsa.

Saiba mais:
PRTB quer Mourão no lugar de Bolsonaro, diz jornal

Ao ser compartilhada, a fotografia de um homem deitado no chão com a área do abdômen atingida é acompanhada de legendas que afirmam que ele “se esfaqueou e acabou morrendo”. A imagem, embora não tenha sido adulterada, é repassada fora de seu contexto.

A foto foi originalmente publicada pelo site Rondônia Ao Vivo em 2016 e explicava a agressão a um homem de 28 anos identificado como Adriano S. M, após uma briga em um bar de Porto Velho. A vítima estava bebendo acompanhada de amigos quando iniciou uma discussão com outro cliente do estabelecimento; o agressor teria utilizado uma peixeira para atingir tórax e pescoço de Adriano.

O texto afirma que o homem foi socorrido, mas não diz se ele morreu em decorrência do ataque.

A imagem que circula, portanto, nada tem a ver com o atentado sofrido por Bolsonaro durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). O presidenciável foi atingido no abdômen e submetido a uma cirurgia de emergência. Atualmente ele se recupera em um leito semi-intensivo do hospital Albert Einstein, em São Paulo.

  • O gingado de Taís Araujo e Lázaro Ramos nesse vídeo vai salvar o seu Carnaval
    Notícias
    HuffPost Brasil

    O gingado de Taís Araujo e Lázaro Ramos nesse vídeo vai salvar o seu Carnaval

    Se tem uma coisa que o casal Tais Araujo e Lazaro Ramos sabe fazer alem deatuar, e dançar (e muito bem.

  • Seminua, Sabrina Sato desfila representando a coroa da Vila Isabel
    Notícias
    O Globo

    Seminua, Sabrina Sato desfila representando a coroa da Vila Isabel

    Após chegar ao Sambódromo, Sabrina se arrumou em um camarote no início da Passarela do Samba e seguiu para a concentração

  • Bolsonaro montou a trincheira. E acaba de lançar uma granada contra o Congresso
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Bolsonaro montou a trincheira. E acaba de lançar uma granada contra o Congresso

    Controle do orçamento está no centro da briga que opõe os militares do governo e parlamentares eleitos pelas mesmas urnas que elegeram Bolsonaro

  • Diogo Melim diz que curtiu indireta para Boca Rosa, do 'BBB20', sem querer
    Notícias
    Extra

    Diogo Melim diz que curtiu indireta para Boca Rosa, do 'BBB20', sem querer

    Desde que foi eliminada do "Big Brother Brasil 20", Bianca Andrade (Boca Rosa) não conseguiu ainda...

  • Coronavírus: a corrida para encontrar animal que foi origem do surto
    Notícias
    BBC News Brasil

    Coronavírus: a corrida para encontrar animal que foi origem do surto

    Teria sido um morcego ou um pangolim? Cientistas correm para desvendar como o novo coronavírus foi transmitido de animais para seres humanos.

  • Anitta diz que fantasias com bumbum à mostra fazem parte de estratégia
    Notícias
    Folhapress

    Anitta diz que fantasias com bumbum à mostra fazem parte de estratégia

    A cantora explicou o marketing por trás dos looks de Carnaval recortados

  • O que é uma pandemia e por que o atual surto de coronavírus ainda não é uma
    BBC News Brasil

    O que é uma pandemia e por que o atual surto de coronavírus ainda não é uma

    Vírus já se espalhou por mais de 30 países, mas Organização Mundial da Saúde ainda não o declarou como uma pandemia; saiba por quê.

  • Bonde do Giane, Lucas Jagger príncipe, Lexa ameaçada: o que ninguém contou dos bastidores do carnaval
    Notícias
    Extra

    Bonde do Giane, Lucas Jagger príncipe, Lexa ameaçada: o que ninguém contou dos bastidores do carnaval

    Anitta sossegadinha com Gabriel David. Paolla Oliveira assumindo namoro. Muitos casais previamente...

  • Regina Duarte publica convocação para ato contra o Congresso no dia 15
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Regina Duarte publica convocação para ato contra o Congresso no dia 15

    A futura secretária ainda publicou um texto fazendo referências à convocatória feita pelo próprio Bolsonaro via WhatsApp

  • Saiba quem é Glaucio Lopes, cantor sertanejo que morreu afogado em Paraty
    Notícias
    O Globo

    Saiba quem é Glaucio Lopes, cantor sertanejo que morreu afogado em Paraty

    Artista estava em início de carreira e já chegou a cantar com Gustavo Lima e Sandy

  • Enquanto governo silencia sobre ato contra Congresso, general dá nome aos bois: má fé e irresponsabilidade
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Enquanto governo silencia sobre ato contra Congresso, general dá nome aos bois: má fé e irresponsabilidade

    Após fala desastrada do general Heleno, ex-ministro vai ao Twitter dizer que "confundir o Exército com alguns assuntos temporários de governo" é má fé

  • Manu Gavassi é acusada de racismo após comentário sobre cor de pele de casal no Big Brother
    Notícias
    HuffPost Brasil

    Manu Gavassi é acusada de racismo após comentário sobre cor de pele de casal no Big Brother

    O nome de Manu Gavassi virou um dos assuntos mais comentados das redes sociaisna tarde desta segunda-feira (24).

  • Paolla Oliveira, Raíssa Machado e Evelyn Bastos: o ranking das rainhas na Marquês de Sapucaí
    Notícias
    Extra

    Paolla Oliveira, Raíssa Machado e Evelyn Bastos: o ranking das rainhas na Marquês de Sapucaí

    Rainha de bateria não é quesito de julgamento no carnaval. Mas todo mundo está de olho nelas. Das...

  • Senadores repudiam atitude de Bolsonaro, e líder do governo quer mudar pauta de protesto
    Notícias
    Folhapress

    Senadores repudiam atitude de Bolsonaro, e líder do governo quer mudar pauta de protesto

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Senadores repudiaram a atitude do presidente Jair Bolsonaro de compartilhar, via Whatsapp, vídeo em apoio a atos contra o Congresso. Líder do governo no Parlamento, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), minimizou o caso, mas sugeriu a mudança na pauta da manifestação. "Não quero criticar se está certo ou errado [sobre os atos do dia 15], mas após a fala do presidente seria prudente voltar a pauta anterior", afirmou à reportagem o líder do governo nesta quarta-feira (26). Incentivados por integrantes do governo, parlamentares bolsonaristas e pelo próprio presidente, ativistas conservadores convocaram contra o Congresso e em defesa de militares e do atual governo. A manifestação é uma reação à fala do ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, que chamou o Congresso de "chantagista" na semana passada. O ato estava previsto desde o final de janeiro com a bandeira da defesa da prisão após a condenação em segunda instância , mas acabou mudando de pauta para apoio a Bolsonaro e encorpando insinuações autoritárias.  O senador Ângelo Coronel (PSD-BA), que preside a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News, disse que Bolsonaro foi eleito democraticamente e que não se pode "calar" diante da manifestação do presidente. "Jair Bolsonaro foi eleito diretamente pelo povo, democraticamente. O Congresso é um dos pilares da democracia. Não podemos nos calar e aceitar que a qualquer crise entre os poderes se envolva o nosso Exército, que sempre esteve a postos para manter a ordem e a nossa soberania", afirmou pelas redes o senador. O líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), falou em "impedir a escalada golpista". O congressista cobrou um posicionamento dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e do STF (Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. "Ainda não houve manifestação dos presidentes dos demais poderes. A democracia exige defesa e retaliação do ocorrido", afirmou o senador. Ligado a ala independente do Senado, o Fabiano Contarato (Rede-ES) também criticou. "Não é a primeira vez! O presidente já compartilhou mensagens polêmicas. Esperamos que ele venha a público manifestar-se e explicar, pois não nos omitiremos diante de ameaças ao Congresso Nacional", afirmou. Eduardo Gomes contemporizou as críticas dos colegas de Senado. Para o líder do governo, o presidente Jair Bolsonaro tem "marcado forte a questão da defesa da democracia" até o presente momento.  "O presidente encaminhou uma nota esclarecendo o ocorrido. Acho que amanhã, com a volta dos líderes, teremos noção do que é notícia e o que não é. Não podemos atropelar os fatos", afirmou Gomes. "Na próxima semana retomaremos as agendas e acredito que não teremos problemas entre o Executivo e o Legislativo para aprovar a reforma tributária, análise de PECs e até da reforma administrativa", completou o lídero do governo. A deputada estadual paulista Janaina Paschoal (PSL), aliada do presidente na eleição de 2018, defendeu o cancelamento dos protestos marcados para março. "Com toda sua liderança, ele pode pedir o cancelamento, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, que acaba de chegar ao Brasil. O pedido do presidente será recebido como uma ordem", escreveu em rede social. Líderes políticos como os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso e o presidente da OAB já haviam manifestado repúdio na noite de terça-feira (25) à iniciativa de Bolsonaro de compartilhar vídeos que convocam manifestações. O decano do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Celso de Mello, afirmou nesta quarta que a conclamação de Bolsonaro para ato contra a corte e o Congresso, "se confirmada", revela "a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático". "O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República", afirmou o ministro. Nesta quarta, Bolsonaro não negou ter enviado a amigos por WhatsApp um vídeo que convoca a população a ir às ruas.  "Tenho 35 milhões de seguidores em minhas mídias sociais (Facebook, Instagram, YouTube e Twitter) onde mantenho uma intensa agenda de notícias não divulgadas por parte da imprensa tradicional. Já no WhatsApp tenho algumas poucas dezenas de amigos onde, de forma reservada, trocamos mensagens de cunho pessoal", afirmou Bolsonaro. "Qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República", completou o presidente em publicação nas redes sociais.  A nota nas redes foi distribuída, antes, a alguns parlamentares próximos e lideranças do Congresso alinhadas ao presidente.  O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, disse que a atitude de Bolsonaro, se confirmada, pode abrir caminho para pedido de impeachment. "Entendo que é inadmissível, o presidente está mais uma vez traindo o que jurou ao Congresso em sua posse, quando jurou defender a Constituição Federal. A Constituição e a democracia não podem tolerar um presidente que conspira por sua supressão", afirmou Santa Cruz.

  • Bombeiros resgatam boneco em Joinville e ação viraliza nas redes sociais
    Notícias
    Extra

    Bombeiros resgatam boneco em Joinville e ação viraliza nas redes sociais

    Uma ação do corpo de bombeiros voluntários de Joinville, em Santa Catarina, comoveu as pessoas e...

  • As lições para Harry e Meghan de Wallis Simpson, a americana divorciada que levou à renúncia de rei
    Notícias
    BBC News Brasil

    As lições para Harry e Meghan de Wallis Simpson, a americana divorciada que levou à renúncia de rei

    Há oito décadas, decisão do regente provocou crise na monarquia britânica, mas até que ponto a comparação com os dias de hoje é adequada?

  • 'Eu sabia que sofreria ataques. Nem Jesus agradou a todos', diz rainha de bateria da Mangueira, Evelyn Bastos, sobre fantasia
    Notícias
    O Globo

    'Eu sabia que sofreria ataques. Nem Jesus agradou a todos', diz rainha de bateria da Mangueira, Evelyn Bastos, sobre fantasia

    Musa da verde e rosa conta que caracterização como 'Jesus Mulher' ficou pronta apenas em Janeiro, após escola receber o aval da Arquidiocese do Rio

  • Os mapas que mostram o avanço do coronavírus pelo mundo
    Notícias
    BBC News Brasil

    Os mapas que mostram o avanço do coronavírus pelo mundo

    Surto do novo coronavírus, que já infectou mais de 80 mil pessoas e matou 2,7 mil, chegou a nova etapa e está perto de se tornar pandemia.

  • Com Ludmilla ao vivo na Globo, público puxa coro contra Bolsonaro
    Notícias
    Folhapress

    Com Ludmilla ao vivo na Globo, público puxa coro contra Bolsonaro

    Os foliões aproveitaram a participação de Ludmilla no 'Mais Você' para protestar contra o presidente

  • Arnaldo Antunes aciona Justiça contra uso da música 'O Pulso' em campanha pró-Bolsonaro
    Notícias
    HuffPost Brasil

    Arnaldo Antunes aciona Justiça contra uso da música 'O Pulso' em campanha pró-Bolsonaro

    O musico ArnaldoAntunes, ex-membro do grupo Titas, afirmou que vai dar entradaa um processo judicial contra os responsaveis por utilizar uma musica de suaautoria como trilha sonora de uma manifestaçao a favor do presidente JairBolsonaro.

  • Presidente turco inflexível em negociações com Rússia sobre a Síria
    Notícias
    AFP

    Presidente turco inflexível em negociações com Rússia sobre a Síria

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, excluiu nesta quarta-feira (26) "dar um único passo para trás" frente ao regime de Bashar al-Assad, no noroeste da Síria, demonstrando sua intransigência antes de negociar com a Rússia, aliada de Damasco.

  • Notícias
    O Globo

    Príncipe Harry faz primeira aparição pública no Reino Unido desde que se mudou para o Canadá

    Harry participou de cúpula de trabalho em apoio à sua iniciativa de turismo ambiental, a Travalyst

  • Coronavírus: com chegada da doença ao Brasil, o que realmente funciona para se proteger?
    Notícias
    BBC News Brasil

    Coronavírus: com chegada da doença ao Brasil, o que realmente funciona para se proteger?

    Conversamos com infectologistas e colhemos as principais orientações dos organismos de saúde — e, mais, a Ciência por trás delas.

  • Bolsonaro não está à altura do cargo se apoiou ato contra o Congresso, diz Celso de Mello
    Notícias
    Folhapress

    Bolsonaro não está à altura do cargo se apoiou ato contra o Congresso, diz Celso de Mello

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), reagiu à iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de compartilhar em grupos de WhatsApp vídeos que convocam manifestações para o próximo dia 15 a seu favor e contra a corte e o Congresso. Segundo o decano do STF, a iniciativa, "se confirmada", revela "a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!!". O ministro enviou a mensagem por escrito à reportagem. No texto, Celso de Mello afirma ainda: "O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República". Os crimes de responsabilidade são passíveis de pena de perda do cargo –ou seja, de impeachment.

  • Com Odair Hellmann ameaçado, Fluminense enfrenta o Moto Club pela Copa do Brasil
    Notícias
    Extra

    Com Odair Hellmann ameaçado, Fluminense enfrenta o Moto Club pela Copa do Brasil

    O carro de Odair Hellmann no Fluminense nem saiu da garagem direito e já corre o risco de bater o...