Jovem recusa vacina, pega Covid-19 e precisa de transplante duplo de pulmões

·1 minuto de leitura

Um norte-americano se recusou a tomar vacina contra a Covid-19, contraiu a doença e precisou passar por um transplante duplo de pulmões. Blake Bargatze, de 24 anos, mora na Georgia e estava hospitalizado desde abril.

Em entrevista à TV WSB, de Atlanta, a mãe de Bargatze disse que o jovem não pretendia tomar o imunizante antes de, pelo menos, uma década. Ele alegava temor acerca de efeitos colaterais da vacina.

— Ele queria esperar até que fosse testada por, tipo, 10 anos ou mais, como grande parte da população quer — disse Cheryl Bargatze Nuclo, mãe do paciente.

O padrasto de Bargatze, Paul Nuclo, também admitiu à NBC WXIA que o motivo da espera seria a desconfiança sobre possíveis efeitos colaterais das vacinas.

— Ele queria esperar alguns anos para ver, você sabe, se há algum efeito colateral ou qualquer coisa disso — afirmou o padrasto. — No entanto, assim que chegou ao hospital, ele disse que gostaria de ter tomado a vacina — acrescentou.

Bargatze sentiu os primeiros sintomas da Covid-19 após assistir um show em um local fechado, na Flórida, onde foi hospitalizado. Depois ele foi transferido para o Hospital Piedmont, em Atlanta, para que pudesse ser colocado em uma máquina de ECMO.

Trata-se de um dispositivo que fica fora do corpo mas trabalha como se fosse pulmões e coração artificiais.

— Só não quero que mais ninguém passe por isso. É horrível — disse a mãe. — Não vale a pena toda a dor que vai causar a você e sua família — finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos