Jovens colombianos vêm ao Rio aprender o samba e dividir conhecimentos sobre a salsa em programa de intercâmbio cultural

Um grupo formado por oito adolescentes colombianos chegou ao Rio de Janeiro no último sábado, para um projeto de Intercâmbio Cultural, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura em parceria com a Embaixada da Colômbia. Até o próximo sábado (12), eles ficam no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, onde participam de diversas atividades.

Bibliotecário informal: Antiga banca de jornais é transformada em biblioteca comunitária por morador e vira point de leitura em São Gonçalo

O palco é a favela: festival abre inscrição para cantores e compositores de comunidades

Os jovens vivem na cidade de Florida, onde foram retirados de situações de vulnerabilidade social e acolhidos pela Casa Lúdica. Lá eles aprendem salsa e contam com outras oficinas na área artística, principalmente musical. Aqui, no Centro Coreográfico, onde estão hospedado, serão integrados à cultura brasileira e participarão de atividades educativas, ligadas ao samba em sua maioria

— A ideia é que nossas crianças da Casa Lúdica possam transmitir aos professores e jovens do Rio de Janeiro o que é a salsa e nós conhecermos o que é um desfile de escola de samba. Então queremos que as crianças deixem algo aqui e que nós levemos conhecimento para as nossas escolas — diz a Luz Janeth Álvarez.

Batuque das Guerreiras: Unidos de Padre Miguel forma a primeira bateria apenas com mulheres

No primeiro contato com o Rio, no sábado o grupo foi conhecer a arte do subúrbio carioca, no evento Madureira de Portas Abertas, do programa Zonas de Cultura, da Secretaria Municipal de Cultura e Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro.