Juíza marca audiência e tentará acordo entre os envolvidos no ‘barraco no Leblon’

Paolla Serra
·1 minuto de leitura

A juíza Maria Tereza Donatti, titular do 4º Juizado Especial Criminal, no Leblon, determinou o agendamento de uma audiência entre a empresária Scheila Danielle Gmack Santiago, a arquiteta Aline Cristina Araújo Silva e o empresário Maurício Barros Pitanga. O encontro, que acontecerá às 15h do próximo dia 9 de novembro, visa a uma “composição entre os supostos autores do fato e a vítima” de uma confusão ocorrida na Rua Dias Ferreira, no dia 25 de setembro (relembre a confusão).

Leia mais sobre o caso:

De acordo com o despacho da magistrada, caso não haja um acordo entre o trio, Scheila será intimada a trazer documentos, gravações e outras provas, conforme requerido pelo Ministério Público. No processo, a empresária acusa a arquiteta e o empresário de difamação, injúria e vias de fato. Scheila voltava com amigos de um passeio de lancha, quando passou, por volta das 20h, pelo restaurante Togu, na rua do Leblon, na Zona Sul do Rio, onde Aline estava com o namorado, Maurício, numa mesa.

Enquanto Scheila beijava a influenciadora digital Priscilla Dornelles, ambas de biquíni, dentro de um conversível dirigido pelo engenheiro de produção Wilton Vacari Filho, Aline teria ficado incomodada e arremessado garrafas d’água contra o veículo. A empresária então desceu do carro, agrediu a arquiteta e teve o sutiã arrancado por Maurício em seguida.

Num vídeo publicado no dia seguinte, Aline deu sua versão. “Nós vivemos em uma sociedade e temos que ter respeito pelo outro”, disse ela, que completou: “Os três estavam fazendo preliminares, parecendo um filme pornô bem ali na nossa frente, de camarote”, narrou, afirmando ainda que o fato estava sendo repudiado com xingamentos por “toda a rua”.