Juíza morre em SP atingida por pedaço de ponte após acidente com caminhão

1 / 1
Concreto de ponte se solta após acidente e mata juíza

MARTHA ALVES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma mulher morreu após o carro ser atingido por pedaços de concreto que caíram do ponte da Fepasa, na região central de São Paulo, no final da noite deste domingo (19).

Por volta das 23h, um caminhão com excesso de altura, que trafegava pela avenida do Estado, no sentido Santana, atingiu a estrutura do viaduto. Pedaços de concreto caíram sobre um Honda CRV, atingindo um dos ocupantes.

Sete equipes do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local para socorrer os feridos. A juíza Adriana Nolasco da Silva, 46, teve o crânio fraturado e foi levada em estado grave ao Hospital das Clínicas. Ela teve a morte confirmada ainda no começo da manhã.

O motorista do caminhão saiu ileso do acidente e foi levado ao 8º DP (Brás-Belém).

Por volta das 5h30, a avenida do Estado estava parcialmente interditada no sentido Santana e sem previsão de liberação. A Defesa Civil foi acionada para avaliar se o acidente comprometeu a estrutura do viaduto.

O viaduto tem 4,4 metros de altura –há uma placa sinalizando o limite– e é utilizado pela linha 10-turquesa de trem da CPTM, que liga a estação da Luz ao município de Rio Grande da Serra, passando por São Caetano e Santo André. Até o momento, a CPTM não informou se houve interrupção na circulação dos trens.