Jubileu da rainha: Quanto custaria comprar o Palácio de Buckingham? Quase R$ 8 bilhões

Se você quisesse viver como uma rainha, pudesse pagar por isso e o castelo estivesse a venda, qual seria o preço do Palácio de Buckingham?

Às vésperas do jubileu de platina da Rainha Elizabeth II, a McCarthy Stone, empresa que administra imóveis para aposentados, uma espécie de lar de idosos para endinheirados, estimou quanto seria o preço de venda e de aluguel dos palácios reais em meio a um boom do mercado imobiliário londrino.

Com seus 775 quartos, o Palácio de Buckingham custaria 1,3 bilhões de libras – ou R$ 7,74 bilhões – se estivesse à venda.

Já o Palácio St. James seria um pouco mais em conta, sairia por 600 milhões de libras, ou R$ 3,57 bilhões.

Os castelos e propriedades imobiliárias da família real britânica alcançaram 3,7 bilhões de libras em valor de mercado em 2022, ou R$ 22 bilhões. É uma valorização de 12% desde 2019, estima a McCarthy Stone.

Se comprar alum desses imóveis pode ser caro demais para um mortal comum, a empresa também estimou quanto custaria ser inquilino em Buckingham: o aluguel mensal seria de 2,6 milhões de libras – ou R$ 15,48 milhões.

Mas nenhum desses castelos está à venda ou disponível para alugar. Os palácios reais não são propriedade privada da Casa de Windsor. Eles são de propriedade do Reino Unido e cedidos à família real.

Confira, abaixo, quanto custaria comprar ou morar de aluguel em cada um dos palácios reais. A estimativa é feita com base no tamanho dos imóveis, no número de quartos e na sua localização.

Palácio de Buckingham

Preço de venda: R$ 7,74 bilhões

Aluguel: R$ 15,48 milhões

Palácio. St James

Preço de venda: R$ 3,58 bilhões

Aluguel: R$ 10,16 milhões

Castelo de Windsor

Preço de venda: R$ 3,47 bilhões

Aluguel: R$ 10,16 milhões

Palácio Kensington

Preço de venda: R$ 3,34 bilhões

Aluguel: R$ 1,7 milhão

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos