Juíza é suspensa após aparecer seminua em audiência online

Juíza foi suspensa após aparecer seminua em audiência - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Juíza foi suspensa após aparecer seminua em audiência - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Juíza foi suspensa na Colômbia por aparecer seminua em audiência online

  • Ela ficará sem trabalhar e receber remuneração até fevereiro

  • Mulher se disse perseguida por suas roupas e por compartilhar fotos sensuais

Uma juíza colombiana foi suspensa de suas funções por três meses depois de aparecer seminua em videochamada realizada pelo Zoom para uma audiência.

O vídeo de Vivian Polania viralizou nas redes sociais e fez com que Comissão Judicial Disciplinar do Norte de Santander iniciasse uma investigação, que resultou na punição à juíza.

As imagens mostram Vivian vestindo apenas uma camisa e uma calcinha, deitada na cama, fumando um cigarro, enquanto a audiência acontece.

A juíza ficou cerca de uma hora com a câmera desligada, até ligá-la e aparecer seminua. Ela foi alertada por um advogado e voltou a apagar o equipamento.

"Tal situação não condiz com o cuidado, respeito e circunspecção com que um juiz da república deve administrar a justiça, denotando uma clara falta de respeito por parte do servidor", aponta o texto do processo disciplinar.

Com a sanção, a juíza deverá ficar longe das tarefas até fevereiro, também sem receber remuneração durante o período.

Mulher se diz perseguida

Em entrevista, Vivian negou que estivesse seminua e alegou que estava deitada porque sofria com um ataque de ansiedade e pressão baixa.

Ela afirmou que é perseguida por seus colegas por seu estilo e roupas curtas, além do fato de compartilhar frequentemente fotos sensuais.