Julianne Moore preside ao júri do 79.° Festival de Veneza

Julianne Moore está no lugar da presidência do júri do 79.° Festival de Veneza, uma presença que reflete o amor entre o festival e o cinema dos Estados Unidos.

"Joker" ou "Nomadland": vários grandes filmes norte-americanos venceram recentemente o Leão de Ouro e depois o Óscar.Esta relação reflete-se também na presença da Academia a convite de Veneza, que este ano nomeou mais de 900 membros, incluindo vários europeus.

A Europa está bem representada, por exemplo com "L'Imensità", uma coprodução franco-italiana na competição oficial, protagonizada pela atriz espanhola Penelope Cruz.

A Netflix também se apresenta forte, na competição deste ano, com o filme de abertura "White Noise", protagonizado por Adam Driver.

A plataforma de cinema em streaming apresenta ainda o muito esperado filme biográfico de Marilyn Monroe, "Blonde", com a atriz cubana Ana de Armas a dar corpo à alma de Marilyn.

"Blonde" tem o lançamento comercial na plataforma previsto pela Netflix a partir de 28 de setembro.