Juliette, Fiuk e Camilla: relembre os pontos altos dos finalistas do 'BBB21' e vote no seu preferido

·5 minuto de leitura

O 'Big Brother Brasil 21' chega ao final na noite desta terça-feira (4) com três finalistas que prometem deixar saudade e entrar para a história do programa. Durante os 100 dias de confinamento, Juliette, Fiuk e Camilla de Lucas passaram por altos e baixos até chegarem à final do reality e, por isso, o EXTRA relembrou os principais momentos em que os finalistas brilharam e deixaram sua marca nesta edição. Confira a lista e vote em quem você deseja ver como campeão do 'BBB21'.

Vote: Fiuk, Camilla ou Juliette, quem vai vencer o 'BBB21'? Vote na enquete

Fiuk

Sem preconceitos

O cantor mostrou ter um perfil desconstruído e foi sempre aberto ao diálogo sobre questões de gênero e raça, mesmo sendo uma pessoa de condição privilegiada. Sua jornada com Gilberto foi marcada por muito afeto, carinho e contato físico. Fiuk, heterossexual, ao manter essa relação com um brother homossexual, ajudou a quebrar tabus sobre as características da amizade entre dois homens. Ele também questionou os padrões impostos pela sociedade na hora de escolher roupas, não tendo medo de usar vestidos, uma peça associada diretamente às mulheres, e contestar os comentários preconceituosos de Rodolffo sobre seu visual.

Chef de cozinha

Entre altos e baixos com muitos participantes, Fiuk sempre fez questão de mostrar o afeto dele através da comida. Merecedor do título de chef do BBB21, o cantor era responsável por praticamente todas as refeições, estivesse ele no VIP ou na Xepa e, para os fãs, esta era a forma que o filho de Fábio Júnior demonstrava carinho e tentar unir o grupo. Mesmo criticado por não lavar a louça – e até mesmo pelo incidente do macarrão na pia –, Fiuk fazia a felicidade dos brothers ao preparar refeições especiais e até sobremesas para a casa.

Sensibilidade

Se teve uma coisa que Fiuk não teve vergonha de fazer foi chorar em frente às câmeras do BBB21. Desde o início da edição, o cantor se mostrou aberto e sincero em relação aos seus transtornos psicológicos. Em mais de uma ocasião, o finalista conversou com outros brothers sobre sua ansiedade e sobre a rejeição que sentia do lado de fora da casa, e o desafio que era estar na casa mais vigiada do Brasil.

Camilla:

Respeita o meu cabelo

Quando Rodolffo fez um comentário preconceituoso sobre o cabelo de João, ela não titubeou e se posicionou com firmeza contra a atitude do cantor. Camilla repudiou os comentários dele de forma rígida, mas também fez questão de explicar ao brother o motivo de sua piada em relação ao professor de geografia ser uma atitude racista.

“Hoje eu me coloco numa posição de não aceito mais, também não quero mais ficar ensinando. E se as pessoas falam ‘ah é mimimi’, estão cansadas de ouvir isso, eu estou cansada de ter que falar também. Se é cansativo pra vocês ouvirem é cansativo pra mim viver. Não quero mais”, comentou a sister durante a conversa de Tiago Leifert com os participantes para discutir o ocorrido.

Braba

Mesmo sendo julgada por ficar em cima do muro, Camilla fez questão de mostrar que estava do lado dela mesma no jogo. Quando Karol Conká, eliminada com a maior porcentagem da história do reality, bateu de frente com a influencer, Camilla mostrou a que veio e protagonizou uma das brigas mais marcantes da edição. Na ocasião, a rapper insinou que Camilla estaria do lado contrário a ela, unida a Gilberto, Juliette e Sarah e, consequentemente, contra Karol e seus aliados. Camilla não gostou da afirmação da sister, e já fez questão de brigar pelo que acreditava ser certo dentro do jogo:

''A partir do momento em que você fala meu nome, você vai me ouvir. Você quer jogar uma pessoa contra a outra, só que eu sou Camilla de Lucas, eu não sou idiota não. Você pode ser Karol Conká braba lá fora, mas tem outra braba aqui dentro também".

Fuja do paredão

Camilla seguiu a máxima ''Não vá ao paredão'' mais do que qualquer outra pessoa no BBB21. Durante todo o confinamento, a sister participou de seu primeiro paredão apenas na última semana do programa, ao enfrentar Pocah e Arthur. Logo após a eliminação do brother, Camilla também foi às duas últimas berlindas da temporada, ainda na mesma semana, e saiu vitoriosa em ambas, e se consagrou finalista.

Juliette:

Rejeição

As primeiras semanas de Juliette podem ser definidas com apenas uma palavra: resiliência. A sister chamou atenção e ganhou força no reality após enfrentou grandes problemas no início. Sua dificuldade de comunicação com os outros participantes e seu jeito falante e agitado colocou em uma posição de exclusão. Juliette foi tratada com indiferença, excluída por muitos brothers, e se tornou alvo de comentários agressivos de vários brothers, entre eles Lumena e Karol Conká, que chegou a debochar do sotaque da paraibana.

Perdão

Mesmo após sofrer rejeição e se envolver em discussões, Juliette será lembrada por ser compassiva com os demais participantes. Mesmo após descobrir que Gilberto havia criticado suas atitudes e até mesmo questionado seus sentimentos – como quando indagou por quê Juliette não secava suas lágrimas –, a sister conversou com o brother e afirmou que o perdoava pelo que tinha feito a ela. A advogada fez o mesmo com Fiuk, que, após muitas brigas e discussões, afirmou ter desconfiado muito da sister, hoje se arrependia, e pediu desculpas a ela. Sem mágoas, Juliette desculpou o brother, com quem disputa a final do programa.

A mesma atitude se repetiu com Arthur e Pocah, por exemplo, com quem Juliette também teve atritos e trocou votos, mas que vieram se aproximar na reta final do reality.

Leia mais: No 'BBB21', Fiuk pede desculpas a Juliette: 'Fui muito desconfiado no começo'

Representação nordestina

Mulher arretada, a paraibana fez questão de afirmar suas características regionais desde que pisou na casa mais vigiada do Brasil. Ao longo de todo o programa, Juliette exaltou a cultura nordestina, seja na culinária ou até mesmo na música. Durante as festas, era comum ver a sister soltando a voz para interpretar os hits de artistas famosos da região, como Alceu Valença e Luiz Gonzaga.

No quarto cordel do ‘BBB21’, inspirado na temática do sertão do nordeste, ela encontrou um cantinho aconchegante que a lembrava sua terra natal. Em uma ocasião, ela explicou a Fiuk o significado de cada elemento presente na decoração do cômodo, desde os cactos até as bandeirinhas de São João.