Juliette homenageia irmã, que morreu aos 17 anos de AVC: 'Espero que esteja orgulhosa'

·1 minuto de leitura

Campeã do "Big Brother Brasil 21", Juliette usou as redes sociais nesta sexta-feira, dia 2, para prestar uma homenagem à irmã, Julienne, que morreu aos 17 anos, em 2009, em decorrência de um AVC.

"Era dia 02/07 e você virava uma estrela. Prometi que te faria sorrir. Espero que esteja orgulhosa. Você vive em mim", disse Juliette.

A paraibana era muito próxima da irmã. No documentário "Você nunca esteve sozinha", do Globoplay, Juliette falou sobre a relação e a perda.

''Eu dormia sentindo o hálito dela... Eu lembro até hoje o cheirinho da pele dela. Antes de dormir, eu dava um beijinho no olho dela.''

Adversidades como essa transformaram a personalidade da digital influencer, que diz sempre que era quem precisava mostrar força na família.

"Eu já passei coisas horríveis e eu não tinha tempo de cair, eu tinha que resolver. Ou eu resolvia ou algo muito ruim aconteceria. Então, eu aprendi a não me desesperar, porque me desesperar é pior. Aprendi a não ter a quem recorrer, porque quem tinha que resolver era eu. Se depender de mim, eu tenho que fazer o melhor com o que está acontecendo. Foi assim a minha vida inteira, minha infância, minha adolescência, o episódio quando minha irmã morreu, quando minha mãe adoeceu, quando meus irmãos precisaram de mim. A vida me fez assim. Não tem escolha, é ser forte. Chora depois, quando você estiver sozinha", disse em entrevista à revista "Garotas estúpidas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos