Juninho Paulista chega a Londres para visitar Martinelli no Arsenal: 'É de seleção'

Igor Siqueira

O coordenador de seleções da CBF, Juninho Paulista, está em Londres nesta quarta-feira para uma visita ao Arsenal. O objetivo principal é conversar com o atacante Martinelli sobre as pretensões do jogador de 18 anos quanto ao país que defenderá internacionalmente. Ele chegou a ser chamado para a seleção brasileira sub-23, mas o clube não o liberou, e também está nos planos de Tite.

Juninho já conversou com Martinelli em outra ocasião, assim como Branco, coordenador da base do Brasil. No Arsenal, Juninho deve ser recebido por Edu Gaspar, seu antecessor na CBF, e conhecerá a estrutura do clube.

Martinelli foi observado in loco pelos auxiliares César Sampaio e Matheus Bacchi no mês passado, no clássico diante do Chelsea. O atacante fez um golaço, e o jogo terminou 2 a 2. Na atual temporada, ele tem 25 partidas pelo Arsenal e 10 gols.

- É um menino muito focado. Por isso ele está conquistando coisas em um prazo curto. Ele superou todas as expectativas. A seleção é consequência. Ele já foi convocado para a olímpica, mas o Arsenal não liberou. Ele está no nosso radar. Tem que ter paciência. Hoje, ele é um jogador de seleção pelo que apresenta - disse Juninho ao GLOBO.

Depois da visita a Martinelli, o coordenador da seleção seguirá na Europa para mais observações. Tite e sua comissão estarão espalhados pelo Velho Continente até o início de março, quando sairá a lista para a estreia do Brasil nas Eliminatórias. Vale lembrar que a seleção olímpica, agora classificada para Tóquio, também estará em ação na próxima data Fifa. Mas a CBF ainda não sacramentou os adversários.

Juninho estará ao lado de Tite em Leganés x Bétis e Real Madrid x Celta, ambos no domingo, pelo Campeonato Espanhol. Ainda está na lista o Atlético de Madrid x Liverpool pela Liga dos Campeões, na próxima terça-feira.