Junta Local ocupa espaço histórico na Gamboa e terá até horta comunitária

·2 minuto de leitura

Tudo começou em 2014, na antiga Comuna, em Botafogo, quando o cientista político Thiago Nasser e o jornalista Bruno Negrão criaram uma feira de produtos artesanais e orgânicos pensada para aproximar quem compra de quem faz. De lá para cá, já foram muitas fases, com mais de 300 feiras itinerantes por toda a cidade (e até São Paulo), quando barraquinhas com quitutes e bebidas se misturavam a itens de horta e uma galera estendia uma canga ao redor para curtir o dia e ainda sair abastecida.

Na pandemia, eles investiram ainda mais na Sacola da Junta, uma venda on-line de itens de mais de 150 pequenos produtores, na Junta Solidária, que distribui refeições para população de rua. Agora, preparam-se para um novo capítulo: ocupar parte do Moinho Fluminense, edificação histórica localizada numa área estratégica, a Gamboa, na central Zona Portuária. “Isso representa um novo ciclo para a gente, com um endereço fixo, com teto, para sermos entreposto dos produtores e ainda, assim que for seguro, fazermos encontros e eventos gastronômicos”, conta Nasser.

Isso é apenas uma parte de um plano maior, que inclui horta comunitária, cozinha para a equipe (quase toda formada por refugiados) da Junta Solidária aproveitar o que sobrar de produção e preparar pratos deliciosos. Além de uma agenda de oficinas, palestras e desenvolvimento de conteúdo. Para que o espaço se torne o que planejam, Nasser e Negrão estão com uma campanha virtual, tipo vaquinha, na Benfeitoria (benfeitoria.com/juntanomoinho), que pretende estruturar o espaço para torná-lo um entreposto ainda maior e armazenar itens da Sacola da Junta da melhor maneira, desenvolver barracas próprias para levar os produtos dos “ajuntados” para feiras itinerantes e ainda produzir embalagens ecológicas. “Nunca tivemos um investidor, crescemos de forma orgânica, com apoio de quem frequenta. Continuamos da mesma maneira. Vai dar certo”, garantem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos